loader image

Prós e Contras do C4 Pallas: Vale ou Não Vale a Pena?

Se você está pensando em comprar um carro e o C4 Pallas entrou na sua lista de opções, você deve estar se perguntando a respeito dos prós e contras do C4 Pallas.

O Citroen C4 Pallas é um modelo sedã da fabricante francesa Citroën, que foi muito vendido durante os seis anos em que foi fabricado, e ainda hoje vemos muitas unidades dele em circulação pelas ruas.

Amado por muitos donos, o carro, como qualquer outro, possui seus pontos positivos e negativos.

Neste artigo nós vamos ver cada aspecto desse carro numa análise detalhada. A equipe Review Auto buscou informações entre opiniões técnicas e comentários de pessoas que têm ou já tiveram o carro, para você saber se vale ou não a pena comprar um.

Vale a pena comprar um Citroën C4 Pallas?

A Citroën é uma empresa francesa que fabrica carros desde 1919. No princípio, a marca era sinônimo de carros com design simples, mas a montadora veio aprimorando seus projetos desde então.

Com tradição e forte nome no mercado, a empresa vende seus carros no Brasil há mais de 100 anos. Mas será que tantos anos de experiência são garantia de satisfação ao proprietário? Ao que tudo indica, não.

Com um design elegante e sofisticado, o carro é a versão sedã do famoso hatch Citroën C4, e muito vendido no Brasil até 2013, ano em que deixou de ser fabricado.

Apesar de ser a menina dos olhos de muitos de seus proprietários até hoje, o Citroën C4 Pallas tem problemas que acabaram prejudicando sua reputação nas estradas.

A seguir, você vai ver uma análise de cada ponto que pode fazer a diferença na hora de escolher comprar (ou não) um C4 Pallas.

Prós

Entre os comentários de atuais e ex-donos do C4 Pallas, os aspectos mais elogiados foram o conforto do veículo, seu design elegante e o espaço interno, tanto nos bancos, como no porta-malas.

Espaço interno

O espaço interno é um quesito que pode fazer toda a diferença para muitas pessoas.

No estresse de um trânsito parado, nada pode ser pior que a sensação claustrofóbica de estar dentro de um carro apertado, especialmente se o dono não vai sozinho no carro.

Para quem curte pegar a estrada e fazer viagens longas com a família inteira, então, nem se fala. Afinal, ninguém gosta de viajar “enlatado”, não é verdade?

Para os motoristas que têm uma veia nômade, não só o espaço para os passageiros se torna essencial, como também o porta-malas. Até o porta-luvas acaba se tornando um espaço valioso.

O C4 Pallas atende com louvor a essa necessidade dos proprietários.

Como é comum em muitos carros da Citroën, o carro tem espaço de sobra para acomodar seus ocupantes, tanto no banco da frente, como no banco de trás, e a versão sedã do Citroën C4 ainda é equipada com um porta-malas gigante.

Tudo isso significa que se o espaço interno é um ponto que pesa na sua balança, você já pode dar uma estrelinha para o C4 Pallas.

Conforto

Não adianta nada um carro ser espaçoso se os bancos parecerem aqueles de fila de espera.

Muitas pessoas procuram ortopedistas com dores nas costas causadas por muito tempo passado num carro com bancos inadequados para a saúde da coluna.

O C4 Pallas não peca nesse aspecto: os bancos possuem design anatômico pensado para preservar a saúde do motorista, e a regulagem de altura confere ainda mais conforto na hora de dirigir, o que torna os veículos desse modelo ideais para viagens de longa duração.

Outros aspectos que elevam o conforto do motorista e dos passageiros são o isolamento acústico, que deixa do lado de fora a barulheira do trânsito, e o ar-condicionado eficiente que ajuda a aliviar o calorão dos verões brasileiros.

Aparência

Como já dito anteriormente, o Citroën C4 deixou de ser produzido há quase dez anos. Sendo assim, nenhum exemplar adquirido hoje em dia poderia ser considerado exatamente novo.

Apesar disso, o desenho desse modelo da Citroën continua atual e moderno, mesmo tantos anos após seu lançamento. O C4 Pallas é um carro muito bonito, não só por fora, como também por dentro.

O acabamento em soft touch foi pensado detalhe a detalhe para conferir beleza ao interior do veículo.

Dirigibilidade

O C4 Pallas vem equipado com piloto automático, mas isso não significa que você poderá simplesmente parar de dirigir e tirar uma soneca.

É provável que isso venha a ser realidade no futuro, mas no Pallas a função assumida pelo piloto automático é bem mais modesta: ele ajuda você a controlar a velocidade em subidas e descidas.

Além disso, o design do para-brisa proporciona ótima visibilidade ao condutor, mas seu comprimento de 4,77 metros pode ser um problema para os motoristas menos desenvoltos no estacionamento.

(Possíveis) contras

O carro da marca francesa já deu dor de cabeça a alguns de seus proprietários. Os defeitos e problemas que mais atacam o C4 Pallas acontecem no câmbio, na suspensão e no desempenho do motor.

Câmbio

Nada neste carro desagradou mais aos motoristas do que o câmbio automático de quatro marchas. Esse sistema de câmbio é alvo de frequentes reclamações dos proprietários.

Entre as principais queixas estão problemas nos solenoides do sistema de câmbio, que já apresentava defeito logo nos primeiros meses de uso.

Foi dito que o câmbio do C4 Pallas apresentava problemas de travamento, engate difícil, trancos ao trocar de marcha e até desengates.

O modelo de câmbio automático utilizado nesse carro é o AL4, cuja manutenção é difícil de ser realizada, acarretando um alto custo de mão de obra.

O sistema desagradou tanto que a Citroën, que tinha lançado o C4 Pallas apenas com câmbio automático em 2007, decidiu, dois anos depois, fabricar uma versão com câmbio manual de 5 marchas.

Suspensão

A suspensão é a vice campeã de reclamações no C4 Pallas, ficando atrás somente do câmbio, muito mal falado entre a maioria dos proprietários.

Afinal, estabilidade é um dos pontos mais importantes de um veículo, e qualquer problema com a suspensão é uma preocupação a mais.

Os comentários dos donos que reportaram problemas com a suspensão do modelo falam unanimemente a respeito da durabilidade da suspensão, que é extremamente baixa.

Os componentes do sistema de suspensão do C4 Pallas parecem sofrer um desgaste muito precoce.

Peças como amortecedores, buchas de suspensão, coxins de motor e bieletas acabaram precisando ser trocadas já no primeiro ano de uso do carro, com quilometragens ainda baixas, entre os 5.000 km e os 60.000 km.

Além desses problemas com a durabilidade, muitos proprietários insatisfeitos também falam sobre a baixa capacidade da suspensão de suportar o peso do carro. Alguns a consideram muito suave para lidar com o terreno das estradas brasileiras.

Isso causa aquele problema conhecido como “suspensão batendo”, e provoca ruídos e solavancos no interior do carro. Por falar em ruídos, eles também fazem parte das reclamações dos donos deste carro.

Desempenho do motor

As queixas sobre o funcionamento e o desempenho do motor do C4 Pallas também são bastante recorrentes entre os proprietários do carro.

Entre as principais reclamações, eram citadas fata de força e superaquecimento do motor, ambos problemas graves que podem comprometer não só a segurança do condutor e dos passageiros, como acarretar prejuízo na hora da manutenção.

O problema de superaquecimento no motor do carro era geralmente causado por uma junta de cabeçote com defeito.

Outra falha não tão rara de acontecer no motor do C4 Pallas é um defeito na válvula de retorno dos gases do tanque de combustível para o coletor de admissão, prejudicando o sistema anti-poluição.

Falhas do motor em si também foram citadas em comentários de donos do carro, especialmente quando este trabalha com etanol.

A ventoinha do C4 Pallas, responsável pela ventilação e refrigeração do motor, também é atingida por falhas com certa frequência, agravando o problema do superaquecimento.

O barulho do motor e seu alto consumo de combustível também costumam incomodar os proprietários, que também chegaram a se queixar de falta de força do motor em relação ao peso do carro.

Numa viagem, isso seria um defeito muito grave, pois carregar o carro com muita bagagem poderia prejudicar o desempenho do motor, que apresentaria perda de potência na estrada.

Outras reclamações

Os comentários amargos a respeito do C4 Pallas não se resumem aos três aspectos citados acima: a bateria pode não durar muito em alguns exemplares do modelo.

Além disso, alguns proprietários sofrem com:

  • bomba de combustível ineficaz;
  • mau fechamento do porta-malas, que exige força para ser fechado;
  • vedação ruim das borrachas, que acaba permitindo a entrada de água no carro em tempos chuvosos;
  • revestimento do volante descascando;
  • ruídos ao se acionar o freio;
  • ar-condicionado problemático.

Segurança

Embora os técnicos assegurem que problema de ruídos nos freios é normal para o modelo, os problemas citados acima, afetando o funcionamento do motor, da suspensão e da bateria do carro podem, eventualmente, oferecer riscos ao condutor e demais ocupantes do carro.

Custo-benefício

O carro foi fabricado nas versões flex e a gasolina, mas existem recomendações aos proprietários da versão flex que evitem abastecer com o etanol, uma vez que ele favorece o acontecimento de falhas no motor.

Para fazer o cálculo do custo-benefício de ter um Pallas na garagem, é importante colocar na ponta do lápis o preço da gasolina na sua região, o consumo do carro e a sua necessidade em andar com o veículo.

Também é importante ter em mente que a manutenção de um Pallas não costuma ser das mais baratas. A substituição da ventoinha, por exemplo, pode chegar a custar R$ 1.000.

Em relação ao valor de revenda do carro, as notícias não são animadoras: a má reputação do carro acabou gerando uma desvalorização para revenda ou troca do mesmo.

Quantos km por litro faz o C4 Pallas?

A capacidade do tanque de combustível desse modelo da Citroën é de 60 litros.

O consumo médio do motor é de 10,5 km/l. Usuários do carro relataram um consumo de 6 a 10 km/l nas áreas urbanas e 10 a 13 km/l nas estradas e rodovias.

O que falam do C4 Pallas?

As opiniões dos proprietários são distintas, cada uma variando de acordo com a experiência do dono em relação a seu carro.

Na opinião de alguns, o C4 Pallas foi o melhor carro de suas vidas. Tudo agradou, desde a aparência e conforto até o custo-benefício e funcionamento do motor.

Já para outros, o relacionamento com o carro e seus problemas foi tão conturbado, que os donos chegam a se sentir desestimulados a adquirir um novo carro da marca no futuro.

Parece que fazer a compra de um carro, infelizmente, às vezes pode envolver um pouco de sorte.

Dicas e considerações finais

Agora que você já sabe os prós e os contras do C4 Pallas, com informações detalhadas baseadas nas opiniões de outros proprietários do veículo, ficou muito mais fácil decidir.

Um conselho de ouro é: antes de fazer a compra ou financiamento de um carro desse modelo, anote as informações deste guia, estude, faça seus cálculos com atenção e veja se o custo benefício de ter um Citroën C4 Pallas compensa para você.

Pense, por exemplo, se o porta-malas atende às suas necessidades ou não.

Veja se comprar um modelo só a gasolina vale tanto a pena quanto um flex. E não se esqueça de fazer um test drive antes de fechar qualquer negócio.

Além de ser útil para identificar possíveis defeitos no carro, ele vai te ajudar a decidir se a anatomia do automóvel se adapta ao seu modo de dirigir, pois se sentir confortável ao volante também é extremamente importante.

Também é importante lembrar que, uma vez que não é mais um carro em linha de produção, o C4 Pallas já não mais oferece garantia ao comprador.

Afinal, qualquer carro deste modelo comprado hoje já virá com alguns anos de uso e muitos quilômetros rodados.

E então, gostou desse conteúdo?

Se você tem dúvidas ou comentários sobre o assunto, é só mandar um e-mail pra gente.

Não esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais. Até a próxima!

Boa compra!