Ford F 250

Picapes cabine dupla: conheça as principais e suas características

No passado, as picapes cabine dupla eram consideradas apenas como veículos destinados à utilização no campo ou voltadas ao trabalho.

Felizmente, porém, elas se popularizaram nas cidades, com modelos obtendo crescente sofisticação e elementos anteriormente vistos somente em carros de passeio.

No mercado não faltam opções de bons utilitários com espaço para mais do que 2 passageiros e dotadas de caçamba, em variações que incluem desde os modelos compactos com 2 portas até as picapes tradicionais, com chassis convencionais e altas capacidades de carga.

Pensando nisso, elencamos, ao longo deste artigo, os principais veículos desse gênero e suas características. Vamos lá? Boa leitura!

As picapes cabine dupla mais incríveis para você conhecer

Fiat Strada Endurance

Fiat Strada Endurance
Fonte: Motor1

Abrindo nossa lista de picapes cabine dupla, temos a Fiat Strada Endurance. Essa picape traz o mesmo design atualizado, bem como a cabine dupla e de 4 portas das versões que são mais caras.

Contudo, o motor da Fiat Strada Endurance é de 88 cv (1.4), articulado ao seu câmbio manual com 5 marchas. Ambas as características são herdadas da geração precedente.

Outro aspecto importante da Fiat Strada Endurance pode ser encontrado na série de itens como ar condicionado, controles eletrônicos de estabilidade e tração (nas quatro rodas), assistente de partida para rampas e airbags laterais.

Seja como for, o veículo deixa de fora as travas e os vidros elétricos, calotas plásticas e, até mesmo, um sistema de som. Por outro lado, a sua capacidade de carga chega aos seiscentos e cinquenta quilos.

Volkswagen Saveiro Robust

Volkswagen Saveiro Robust
Fonte: The Cars

A picape Volkswagen Saveiro Robust representa uma versão mais austera do leve modelo da marca alemã com tração nas quatro rodas.

A despeito de seu banco traseiro, ela traz somente 2 portas e um interior que, para muitos usuários, lembra o do Gol G5 fabricado em 2008.

Quanto ao motor flex (1.6), apresenta 8 válvulas de até cento e quatro CV (“Cavalos de Potência” ou “Cavalo-Vapor”). Aliado a isso, há um câmbio manual com 5 marchas. Mantendo-se fiel ao estilo simples da Saveiro, este modelo não traz, em sua lista de itens, equipamentos como ar condicionado, travas e vidros elétricos. Mesmo assim, é possível adquirir ambos a partir da aceitação de um pacote opcional simples.

Embora certamente figure entre as top 10 picapes do mercado, o único requinte da Volkswagen Saveiro Robust consiste na direção dotada de assistência hidráulica.

Além disso, a sua capacidade de carga chega aos seiscentos e oitenta e sete quilos.

Fiat Toro

Fiat Toro
Fonte: Revista Carro

O estilo da picape Fiat Toro é inconfundível: além de ser um veículo confortável, possui um excelente desenvolvimento.

Esses elementos fizeram com que ela se tornasse um verdadeiro sucesso de vendas para a montadora italiana e por isso não poderia deixar de figurar em nossa lista de melhores picapes cabine dupla.

A Fiat Toro, mesmo na versão de entrada, é bem equipada com:

  • Sensor de pressão nos pneus;
  • Sistema antiesmagamento para os motoristas;
  • Sistema um-toque, também, para os condutores;
  • Piloto automático dotado de controlador de velocidade;
  • Assistente de partida para rampas;
  • Controle de estabilidade;
  • Direção elétrica;
  • Computador de bordo;
  • Controle de tração.

Ente as diversas versões do motor presente na picape Fiat Toro, merecem destaque os modelos Ultra, Volcano e Ranch, que são comercializados com motor 2.0 turbodiesel, câmbio automático de 9 marchas e tração 4 x 4.

Assim, seja em terrenos off-road, estradas ou cidades, este veículo vai longe!

Mitsubishi L200 Triton

Mitsubishi L200 Triton
Fonte: Motor1

A Mitsubishi concedeu novos contornos à sua picape L200 Triton, deixando o veículo com um design ainda mais moderno. A Sport HPE-S é a versão mais encorpada, dispondo de equipamentos de segurança e itens de série.

O motor (2.4) turbodiesel tem 190 CV e 44 kgfm de torque, aspectos presentes em todas as versões do Mitsubishi L200, ou seja, tração 4 x 4 e óleo diesel como combustível.

Vale mencionar que a picape Mitsubishi L200 Triton pertence à 4ª geração da montadora (período que vai de 2005 a 2017), sendo altamente conceituada pelos especialistas.

De fato, esse período obteve destaque no mercado devido, em grande medida, ao motor 3.2 com injeção direta e à óleo diesel. Esses fatores entregavam, aos consumidores, a potência esperada de uma picape robusta aliada à tão desejada economia de combustível.

Originalmente, a Mitsubishi L200 foi lançada em 1978. Porém, só chegou ao Brasil no ano de 1991, mediante importações independentes.

Atualmente, a picape se encontra na 5ª geração, permanecendo como uma referência importante no segmento.

Se você deseja economizar ainda mais, uma boa dica é adquirir a versão cujo motor 3.5 (gasolina) tem duzentos cavalos de potência, tração nas quatro rodas e é mais barata que suas similares.

Volkswagen Amarok

Volkswagen Amarok
Fonte: Motor1

A picape Volkswagen Amarok é robusta, grande e potente – de fato, está entre as mais potentes da categoria. Assim, com excelente desenvolvimento e bons equipamentos, estamos diante de uma excelente aquisição.

Em outras palavras, o seu sistema de tração – chamado de “4Motion” – entrega maior aderência a todos os tipos de solo, reduzindo as possibilidades de escorregamento nas curvas.

O motor é o potente V6 3.0 TDI turbo, dotado de 272 CV, câmbio automático com oito marchas e tração 4 x 4 permanente. Por isso, a Volkswagen Amarok figura entre os veículos mais desejados da atualidade.

Com esse motor, a Volkswagen Amarok vai de zero a cem km/h em apenas 11 segundos. Esse tempo é extraordinário para o segmento.

Entretanto, assim como outras fabricantes (sobretudo, a Toyota), a montadora alemã apresenta baixos níveis de desvalorização em seus modelos – o que se justifica pela sua excelente relação entre custo e benefício.

Não obstante, há tempos o modelo mexe com os corações dos apreciadores do estilo off-road, com o diferencial de conduzir uma pegada com ar típico de um carro de passeio.

Ford Ranger

Ford Ranger
Fonte: Quatro Rodas

A famosa picape da Ford é bastante robusta e, ainda mais interessante, possui um visual agressivo e, ao mesmo tempo, moderno. 

A Ford Ranger conta com versões capazes de atender diferentes necessidades dos consumidores, principalmente, quem precisa conduzir em terrenos de diferentes tipos.

Para utilizar a picape Ford Ranger de um modo mais adequado ao off-road, você deve adquirir certos itens adicionais, como capota marítima, pneus Scorpion Plus AT, estribos e grade exclusiva.

De modo geral, a Ford Ranger é comercializada com motor turbodiesel 2.2, além da XLS (dotada de tração 4 x 4 ou 4 x 2). Junto ao topo de linha, os compradores podem encontrar versões Limited, Storm e XLT com tração 4 x 4 e motor turbodiesel 3.2.

As versões com motor 3.0 entregam 163 cavalos de potência, levando a picape de zero a cem km/h em menos de 13 segundos.

Com efeito, a Ford Ranger tem diversas vantagens sobre as concorrentes, como valor atraente, performance acima da média e, por fim, consumo satisfatório de combustível.

Tenha em mente que essa picape chegou ao nosso país importada, em 1994, dos Estados Unidos, caindo imediatamente nas graças do público. Nos dias atuais, os veículos chegam da Argentina.

A Ford Ranger fica entre os modelos mais respeitados da categoria, ao lado da Mitsubishi L200, da Toyota Hilux e da Chevrolet S10.

Chevrolet S10

Chevrolet S10
Fonte: Motor1

Sem dúvidas, a picape Chevrolet S10 é uma das mais populares no mercado brasileiro, tendo se firmado como um grande sucesso de vendas – um grande feito, sobretudo, se considerarmos um segmento que possui dezenas de grandes concorrentes.

Existem muitos aspectos que fazem a picape Chevrolet S10 ser um veículo extremamente confiável. Na realidade, ela possui muitos itens de conforto e segurança para passageiros e condutores.

Ademais, propicia boa performance em qualquer tipo de estrada e terreno. No off-road, por exemplo, a picape Chevrolet S10 utiliza todo o seu potencial – o seletor de tração (nas posições 4 x 4 reduzida, 4 x 2 e 4x 4), os controles de tração e estabilidade, além dos assistentes de declive e de subida.

Quanto ao motor, a Chevrolet S10 conta com um 2.8 turbodiesel e duzentos CV que, por seu turno, é ofertado em toda a linha, incluindo as versões de cabine única.

O modelo Advantage, por exemplo, vem equipado com o motor Ecotec 2.5 de 206 cavalos de potência, câmbio manual de 6 marchas e tração exclusiva nas rodas traseiras – aspecto que agrada, principalmente, os consumidores de São Paulo.

Nissan Frontier

Nissan Frontier
Fonte: Motor1

A versão 2021 da picape Nissan Frontier possui linhas com vincos que são bem delineados, além de ter um estilo arrojado e terminações que, embora suaves, aguentam o tranco sem, para tanto, perder o estilo a identidade visual da montadora japonesa.

A Nissan Frontier, com efeito, vem tendo um crescimento exponencial junto ao mercado brasileiro. O motivo desse sucesso? O veículo tem bons equipamentos e muito conforto.

Outro destaque é o assistente de descidas com programação de velocidades que compõe todas as versões do veículo. Esse item é relevante, pois, é capaz de diminuir a velocidade quando a picape atravessa terrenos difíceis.

Para o motorista, a sensação de conduzir a picape Nissan Frontier é extremamente agradável, principalmente pela tranquilidade que a tecnologia japonesa oferece contra os deslizamentos.

Seu conjunto mecânico possui tração 4 x 4 (abrangendo todas as versões da Nissan Frontier). Trata-se de um importante diferencial em comparação à concorrência, articulado a um motor diesel biturbo 2.3 com cento e noventa cavalos de potência.

Na prática, dentre as picapes cabine dupla elencadas no presente artigo, ela é a de maior potência e uma das que demonstram o melhor desempenho.

Entretanto, se consideramos a robustez de suas proporções, os 12 segundos para chegar de zero a cem km/h representam um bom desempenho para veículos dessa categoria.

Toyota Hilux

Toyota Hilux
Fonte: Motor1

A picape Toyota Hilux é classificada como “altamente confiável” pela imprensa especializada. Dotada de elementos de alta qualidade, tais como design agradável, conjunto mecânico e equipamentos de segurança, ela é uma das mais queridas dos consumidores brasileiros.

Desde uma perspectiva da segurança no trânsito, a picape Toyota Hilux apresenta diferencial autoblocante, 7 airbags de série e o pacote especial “Toyota Safety Sense” (presente na versão SRX), com controle adaptativo de cruzeiro, frenagem emergencial automática, sistema de pré-colisão com alerta e alerta de mudanças de faixa.

Em terrenos off-road, a picape Toyota Hilux não decepciona: com um motor turbodiesel 2.8 e duzentos e quatro cavalos de potência, todas as versões 4 x 4 se destacam pelo alto nível de segurança e estabilidade.

Curiosamente, ela é a mais antiga das picapes cabine dupla que mostramos neste artigo. Mesmo assim, ela não perde em nada para os modelos mais novos. A reputação, a confiabilidade e a segurança da marca japonesa asseguram que mesmo uma Toyota Hilux de treze anos atrás ainda tenha alto valor de revenda – devido à sua baixa desvalorização.

Chevrolet Montana

Chevrolet Montana
Fonte: Quatro Rodas

Esta picape foi especialmente desenvolvida no Brasil para atender aos chamados mercados emergentes (ou subdesenvolvidos), vendida na Europa (sob o nome de “Opel Corsa Pickup”), África do Sul e na América Latina.

A picape Chevrolet Montana possui um visual baseado nos modelos do Corsa, vendida entre os anos de 2003 e de 2010. O modelo Agile, por sua vez, surgiu em 2010.

Uma vez que o projeto foi integralmente desenvolvido pela subsidiária brasileira da General Motors, a Chevrolet Montana foi desenhada priorizando os itens que, segundo a montadora, são mais valorizados pelo mercado local.

Estamos falando do design agressivo, robusto e jovem, maior espaço interno, melhor economia e desempenho, maior altura em relação ao solo e elevada capacidade de carga.

Ela adota, ainda, o conceito de “Max Cab”, que assegura um perfeito equilíbrio entre os espaços da caçamba e da cabine.

Essa solução propicia maior conforto, permitindo os transportes de bagagens no interior da cabine, acomodando grandes volumes (cabendo, por exemplo, até uma motocicleta em sua caçamba).

Ford F 250

Ford F 250
Fonte: Direct Imports

Finalizamos nossa lista de picapes cabine dupla com a Ford F 250.

Originalmente lançada para suceder, em 1998, a Ford F-1000 (que era a picape mais vendida da marca) e, simultaneamente, competir com a Chevrolet Silverado (que havia sido lançada em 1997), a Ford F 250 dispõe de 2 motores:

  1. Cummins Turbo 3.9 a diesel, com injeção mecânica, 145 cavalos de potência e 4 cilindros;
  2. Motor 4.2 a gasolina com seis cilindros em V, 205 cavalos de potência.

Desse modo, a picape Ford F 250 foi comercializada nas versões XLT, XL e Super Duty (destinada a frotas e empresas governamentais).

No modelo de 2007, por exemplo, a montadora efetuou a primeira reestilização, a partir de um design mais moderno nos para-choques frontais, grades e faróis, inspirando-se no modelo de 2005 de sua versão estadunidense.

Além do novo design, a Ford brindou o público com mais 2 novidades, uma das quais era a esperada tração nas quatro rodas, voltadas a indivíduos que realmente necessitavam colocar a sua picape na lama.