loader image

Carros Antigos da Ford: 8 Modelos Que Fazem Sucesso Até Hoje

Os carros antigos da Ford ocupam lugar no imaginário de todos nós, até mesmo daqueles que não conhecem ou têm apego a veículos.

Mas, para aqueles que amam a história dos automóveis, as antiguidades da Ford carregam consigo a história do automobilismo, a chegada dele ao Brasil e carros que fizeram história no país e na vida de nossos avós e bisavós.

Por isso, vamos conhecer alguns dos carros criados pela marca de Henry Ford e que até hoje são queridos e lembrados com carinho por várias pessoas. Vamos lá?

Carros antigos da Ford: conheça os principais modelos

Fundada em 1903, a Ford Motor Company foi uma montadora de automóveis pioneira em diversos sentidos.

Primeiramente, foi inovadora ao criar uma linha de montagem que permitia que os carros fossem montados mais rapidamente, barateando o custo deles.

Além disso, foi a primeira a chegar ao Brasil, em São Paulo, em 1919, o que revolucionou a indústria desse segmento por aqui.

Então, vários dos carros apresentados abaixo tiveram, pelo menos, partes suas montadas pela indústria nacional, o que pôde contribuir para o apego com eles.

Vamos conhecê-los?

1. Ford T

O Ford T foi lançado em 1908 e foi um sucesso absoluto na época por ter características como o baixo preço, manutenção e direção mais simples.

Foi em sua fabricação que se instaurou a linha de montagem, fazendo com que ele perdesse as diversas cores que recebia, ficando limitado ao modelo de cor preta.

O Ford T saiu de linha em 1927, contudo, já somava mais de 15 milhões de unidades vendidas em um sucesso absurdo.

2. Modelo A

O Modelo A foi um dos primeiros carros de absoluto sucesso produzidos pela Ford e chegou a vender mais de 5 milhões de unidades.

O automóvel atingia uma velocidade de até 105 km/h graças ao seu motor de quatro cilindros e seu câmbio de 3 marchas.

Além de ser um sucesso de vendas, ainda hoje o modelo é utilizado como referência aos carros antigos e de época em representações cinematográficas.

3. Ford Escort

O Escort é um dos carros antigos da Ford que chegaram até o século XXI sendo comercializado e um dos primeiros modelos de nível mundial sendo produzidos pela Ford do Brasil.

Esse modelo de carro era o favorito da classe média do país e dos ditos “playboys”, uma vez que seu anúncio era realizado pelo grande nome da Fórmula 1, Ayrton Senna.

Dessa forma, o Ford Escort trabalhava com a categoria de duas ou quatro portas, e motores CHT 1.3 e 1.6, com até 65 cavalos de potência.

Além de trazer em sua conta a montagem de um carro mundial no Brasil, vários outros modelos do Escort foram lançados no país com montagem regional.

Foi o caso do modelo XR3 que era conversível e proveniente da fábrica da montadora em São Bernardo do Campo, São Paulo, em 1985.

Dentre as inúmeras variações lançadas do Escort, foi possível vivenciar carros com teto solar manual, modelos com bancos e modelos esportivos, motores 1.8 e versões como o hatch, sedã e station wagon.

Logo, por figurar por mais de 20 anos na indústria automobilística, o Ford Escort está nas mentes e corações de muitos apaixonados por carros antigos.

4. Ford Del Rey

Lançado em 1981, o Ford Del Rey foi um dos carros sedã mais elegantes lançados na época.

O modelo contava com design quadrado impecável, acabamento que muitos sentem saudade nos carros atuais, bem e uma porta bem grande.

No entanto, o detalhe principal da marca era seu relógio digital que ficava no teto do veículo em seu modelo 1.6 Ouro.

Além disso, o Ford Del Rey trouxe consigo inúmeros pontos de inovação que surpreenderam os clientes da Ford no Brasil, como as travas e vidros elétricos, bancos em veludo, retrovisores elétricos e acabamentos sempre impecáveis.

Mesmo sendo um dos carros mais lembrados da Ford, a estrutura do Del Rey ainda deu origem aos sucessores Pampa e Belina, que tinham modelos com tração 4×4 e foram pioneiros, cada um em sua categoria.

A produção de Del Rey foi encerrada em 1991.

5. Ford Galaxie

O Ford Galaxie foi mais um dos veículos da marca que revolucionaram a indústria, mais uma vez.

A produção desse modelo aconteceu entre 1967 e 1983, e gerou um marco de 77 mil carros do modelo, produzidos ao longo desses anos.

No entanto, sendo uma das relíquias da Ford, o Galaxie foi extremamente inovador para a época por trazer condições que, apesar de comuns hoje, eram de arregalar os olhos nas décadas em que foi vendido.

Primeiramente, o modelo era um sedã de luxo com quase 6 metros de comprimento, espaço interno enorme e que utilizava madeira jacarandá em seu acabamento.

Além disso, a companhia inseriu a direção hidráulica no Ford Galaxie, e nele iniciou-se a conversa de que era possível dirigi-lo apenas com um dedo, tudo o que os motoristas da época queriam.

Quanto ao motor, o Galaxie tinha um Ford V8 com bloco Y de 4.5 com 164 cavalos de potência e um câmbio de 3 marchas.

A empresa garante que o carro atingia até 150km/h e ia de 0 a 100 em quase pouco mais de 14 segundos.

Durante as inúmeras atualizações que a marca realizou no carro, uma delas foi inserir um tanque de mais de 100 litros de capacidade para etanol, o que auxiliou a venda e utilização do carro durante a crise do petróleo.

6. Ford Corcel

O Ford Corcel foi um modelo de carro extremamente assertivo e de bastante sucesso lançado pelo grupo no país.

A história dele inicia-se com a compra da montadora Willys Overland do Brasil pela Ford, o que facilitou o lançamento do Corcel, uma vez que foi dado prosseguimento ao modelo M que já havia sido encabeçado pela Willys Overland.

Dessa forma, o Ford Corcel foi lançado no Brasil em 1968 e foi eleito pela revista automotiva Auto Esporte como carro do ano por 3 anos: em 69, 73 e 79.

Mas, o sucesso do Corcel estava atrelado ao seu bom acabamento, detalhes internos e inúmeros lançamentos que o melhoravam cada vez mais.

Portanto, o Ford Corcel recebeu motores 1.3, 1.4 e até 1.6 e 90 cavalos já no modelo Corcel II que encerrou suas vendas em 1985.

Esse foi um dos produtos estrela da Ford, já que o veículo e suas variações agradavam famílias, solteiros e os amantes de carro.

Embora a empresa tenha parado com a produção, no Corcel I a Ford chegou a vender mais de 650 mil unidades dele, enquanto o Corcel II teve uma aceitação assustadora, chegando a 100 mil vendas em pouco mais de 10 meses.

7. Ford F-1000

A montadora de Henry Ford foi a responsável pela produção de uma das picapes mais desejadas na história do Brasil e que ainda hoje é lembrado como um dos carros antigos da Ford que deixaram saudade.

O modelo F-Series foi uma linha de fábrica da montadora que produzia caminhões e picapes médias entre 1972 e 1979.

No entanto, dentre as opções disponíveis no mercado, a F-1000 foi uma das mais vangloriadas e saudosas.

A Ford F-1000 contava com um motor MWM 3.9 com 86 cavalos de potência, ou seja, uma picape robusta e potente.

Durante as diversas alterações que a categoria passou, o lançamento de 1980 foi o que mais impressionou.

Isso porque a Ford lançou uma série de super limitados com apenas 2 mil unidades, que até hoje deixa os colecionadores de automóvel enlouquecidos.

O grupo inseriu alterações no motor, dando espaço para um 3.6 com 115 cavalos de potência a álcool e com 6 cilindros.

Com o passar dos anos, na década de 90 a marca lança o modelo turbodiesel que chegou a mais de 148 cavalos de potência, além de unidades com cabine estendida que marcaram a época depois da finalização da produção.

8. Ford LTD

O Ford LTD foi um automóvel inspirado no já conhecido Ford Galaxie 500, que era um carro intermediário entre o Galaxie e o Landau.

No entanto, era um modelo que chegava a ser exclusivo, dado o baixo número de unidades produzidas e vendidas.

Mas, isso não significava que o carro não tinha qualidade, muito pelo contrário. Assim como o Galaxie, o espaço interno e revestimentos em madeira jacarandá permaneceram e fizeram história.

Junto a isso, o revestimento dos bancos do automóvel era em cetim, o que trazia um ar super luxuoso para ele.

Contudo, seu grande destaque é para a inserção do câmbio automático Ford-o-matic que acompanhava o motor Ford V8.

A nostalgia dos carros da Ford no Brasil

Henry Ford é uma figura extremamente lendária e que impactou a história da humanidade, tanto pelo lançamento de carros que marcaram a vida de inúmeras pessoas, como pela criação do seu modelo de montagem que impactou toda a indústria.

No entanto, no Brasil, com mais de 100 anos de história de suas montadoras no país, pouco a pouco a Ford foi retirando suas fábricas do solo tupiniquim, mesmo que mantendo a venda dos carros por aqui.

Contudo, mesmo com a saída das fábricas, principalmente de SP – onde estavam mais concentradas -, a montadora fez história com os veículos que foram produzidos em partes ou completamente no Brasil e que desfilavam pelas ruas fazendo seu nome na cabeça dos consumidores e revolucionando o mercado nacional.

Isso porque, por inúmeras vezes, a companhia foi capaz de trazer inovações em motor, acabamento, direção e câmbio a custos menores que as concorrentes, permitindo que famílias inteiras pudessem usufruir de alguns dos clássicos que trouxemos.

Dentre os carros antigos da Ford, qual o seu preferido?

Entender um pouco melhor sobre os carros antigos da Ford é, de certa forma, conhecer a história do automobilismo no país, afinal, até mesmo Ayrton Senna participou do conteúdo da marca.

No entanto, para aqueles que têm um carinho especial pelos clássicos da montadora, a lista vai desde o mais antigo modelo até aqueles que, há menos de 20 anos, ainda tinham alguma unidade circulando pelas ruas ao invés de estarem guardados em uma coleção.

Embora não tenhamos mais nenhuma fábrica da Ford no país, seus carros participam da memória coletiva da infância de diversas pessoas e da curiosidade dos colecionadores e amantes de veículos.

Gostou? Para ler mais conteúdos relacionados, acesse o Review Auto. Até a próxima!