loader image

Prós e Contras do T-Cross: Vale ou Não Vale a Pena?

Se você está pensando em fazer negócios para adquirir carros, mais especificamente um Volkswagen, continue conosco pois iremos listar os prós e contras do T-Cross.

O processo de decisão em adquirir um novo veículo requer bastante conhecimento de mercado e informações sobre o bem de consumo.

É preciso te prevenir que todo cuidado é pouco para não fazer um mau negócio na hora da compra ou ter arrependimento em algum momento posterior à compra.

O VW T-Cross foi lançado em 2019 e rapidamente alcançou o sucesso aqui no Brasil, com recorde de carros vendidos nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte.

A principal razão pelo recorde de vendas alcançadas durante esse ano parece ter relação direta com o preço competitivo do veículo, em comparação com outros carros do mesmo segmento.

Porém, ter um preço competitivo não significa necessariamente ser barato, como é o caso do T-Cross, e é preciso saber se realmente vale a pena investir no veículo.

Portanto, se você quer saber mais sobre o utilitário esportivo VW T-Cross da Volkswagen, seus aspectos positivos e negativos e se vale mesmo a pena adquirir um, é só conferir este conteúdo que o Review Auto para tirar suas dúvidas.

Versões do Volkswagen T-Cross

Desde seu lançamento, a marca trabalha para conseguir evoluir o veículo a cada versão lançada no mercado.

Esse conceito de evolução é muito importante, visto que o carro não é barato e pode parecer estar fora da realidade de muitos brasileiros.

Por isso, é preciso manter a questão do custo-benefício atraente, para quem deseja adquirir o veículo.

Atualmente, é possível encontrar os carros VW T-Cross da Volkswagen nas seguintes versões:

  • T-Cross 200 TSI
  • T-Cross 200 TSI Automático
  • T-Cross Comfortline 200 TSI Automático
  • T-Cross Highline 250 TSI Automático

Ponto positivos do VW T-Cross

Para começar a nossa análise, partiremos dos pontos positivos que devem ser ressaltados a todos aqueles que pretendem adquirir o T-Cross da Volkswagen.

Dirigibilidade

A dirigibilidade do VW T-Cross é excelente, tanto para a versão de motor 1.0, quanto para a versão 1.4.

  • Motor 1.0: a versão do motor tricilíndrico é mais equilibrada, levando em conta os aspectos da dinâmica do veículo. Acontece que há menos peso na parte dianteira do carro, facilitando a relação entre motor e suspensão.
  • Motor 1.4: já essa versão é bastante dinâmica e responsiva, e os impactos são absorvidos de forma bastante efetiva.

Conjunto mecânico

Os carros T-Cross possuem duas opções, tanto para motor, quanto para câmbios. E ambas opções irão agradar bastante. Veja só:

  • Câmbios: o câmbio manual possui engates justos e curtos, excelentes para rodar com o veículo em estradas. Em relação ao câmbio automático, a trocas de marcha pode ocorrer por meio de toques no câmbio ou através de paddle shifts.
  • Motor: aqui você pode optar entre os motores 1.0 e 1.4. Em relação a isso, é importante ressaltar que nos dois tipos de motorização o combustível é consumido de forma bastante econômica para os padrões de SUV.

Segurança

É claro que carros bonitos e tecnológicos precisam também ser seguros. E nesse quesito o VW T-Cross da Volkswagen não decepciona.

Quanto aos itens de segurança, os dois grandes destaques ficam por conta dos freios a disco e airbags:

  • O veículo possui freios a disco nas 4 rodas. Isso significa a capacidade de se parar o carro, mesmo em alta velocidade, num curto espaço de tempo.
  • Airbags: o SUV vem equipado com 6 airbags, sendo 2 frontais, 2 laterais e 2 do tipo cortina.

Além dos destaques, citamos também que os carros são compostos de controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas e bloqueio eletrônico do diferencial.

O melhor de tudo é que esses itens de segurança estão presentes em todas as versões do VW T-Cross.

Conforto

Os carros VW T-Cross irão surpreender em termos de conforto para um carro dessa categoria.

Afinal, nesse veículo, existe a possibilidade de ajuste nos bancos, saídas de até na traseira, tomadas USB, ar-condicionado digital, abertura de portas e partidas de motor sem chave.

Tecnologia

Em relação à tecnologia empregada para a produção do T-Cross, ressaltamos a plataforma MBQ A0, que permite a construção de um chassi rígido e seguro, juntamente à utilização de aços de alta e ultra resistência, com chapas formadas a quente.

Em termos de conexão associada a tecnologia, o Volkswagen VW T-Cross não decepciona.

O sistema tecnológico completo é capaz de garantir uma experiência inesquecível para motorista e passageiros, e o grande destaque fica por conta da central multimídia com 10 Gigas no HD que permite a conexão por meio dos smartphones.

Junto a isso, acrescente um quadro de instrumentos 100% digital, central multimídia de 8 polegadas munida de tela capacitiva e projeção de celulares, teto solar panorâmico, assistente de estacionamento para vagas paralelas e perpendiculares e sistema de som Beats.

Entretanto, cada tipo de tecnologia irá depender da versão do T-Cross escolhida, bem como da contratação de opcionais.

Design

Para muitas pessoas, pouco adianta ter um carro bem equipado e confortável se a questão da aparência do veículo não agradar.

Nesse sentido, o design do VW T-Cross costuma chamar a atenção devido à beleza e exuberância que o veículo exibe.

Pontos negativos do VW T-Cross

Como nem tudo são flores, o T-Cross também apresenta alguns problemas que podemos considerar pontos negativos a serem levados em consideração na hora de fazer a escolha de compra.

Farol embaçado

Os faróis embaçados são um dos problemas relatados pelos proprietários do T-Cross.

Infelizmente, o problema ocorre devido à má vedação de todo o conjunto, que permite a infiltração de água que vaporiza com o calor das lâmpadas e se dissipa até o acrílico responsável pela proteção de lâmpadas e espelho.

Barulhos internos

Muitos dos proprietários dos carros VW T-Cross reclamam do excesso de ruídos indesejáveis no veículo, cuja maioria desses ruídos está ligada ao acabamento interno.

Algumas das causas relatadas contam sobre ruídos na suspensão traseira, vidros, portas, câmbios e porta-malas.

Aliás, relatos desse tipo de problema também são feitos por proprietários de outros modelos de carros produzidos pela marca alemã, como o Polo e o Virtus.

Acabamento

A parte do acabamento do VW T-Cross ainda gera alguma polêmica, e por sinal não agradou a todos os proprietários.

Além do acabamento do painel e da porta, que poderiam ser melhores, há também reclamações referentes ao excesso na quantidade de plástico presente na composição.

Porta-malas

O porta-malas do Volkswagen T-Cross pode decepcionar muitos proprietários, uma vez que é muito pequeno em comparação com outros carros da mesma categoria.

O espaço interno que os veículos desse porte deveriam ter se mostra bastante importante na decisão de compra, e por essa razão o porta-malas do VW T-Cross é um grande ponto negativo.

Inicialmente, o tamanho do porta-malas desse carro é de 373 litros.

Porém, por meio do sistema de ajustes do encosto traseiro, deixando os bancos de trás numa posição mais vertical, é possível “aumentar” o tamanho do porta-malas para 420 litros.

Infelizmente, ao fazer isso, a situação para os passageiros pode ser de desconforto.

Preço

Embora o VW T-Cross seja um veículo bastante moderno e seguro, seu preço base não é nada animador.

Afinal, ao adquirir um 0 km, dificilmente você irá encontrar algum modelo que saia por menos de 100 mil reais.

Ainda, ao considerarmos as versões mais completas, como a Highline 250 TSI, o valor para compra ultrapassa facilmente a faixa dos 120 mil reais.

Conclusão: vale a pena adquirir o T-Cross?

Como a maioria dos bens de consumo que pretendemos adquirir, tudo tem seus pontos positivos e negativos.

O mais importante, no caso de adquirir um Volkswagen T-Cross, é se munir das informações mais relevantes e saber analisar o custo-benefício que pode ser conseguido.

Como você pode perceber em nossa lista, os pontos positivos se sobressaem aos pontos contrários, evidenciando que o T-Cross conta com alguns dos requisitos e recursos mais modernos do mercado de utilitários esportivos.

Talvez o ponto negativo que mais pode afetar a decisão de compra desse carro seja seu valor competitivo entre os carros da mesma categoria, mas ainda assim salgado para as condições e mercado de veículos aqui no Brasil.

Entretanto, desde que foi lançado, o VW T-Cross passa por modificações e evoluções em todos os seus aspectos, propondo melhorias em alguns pontos que não agradaram aos proprietários nas versões anteriores.

A grande quantidade de vendas aqui no Brasil é uma grande prova disso, mesmo com preços mais elevados que alguns outros modelos de carros e marcas presentes no mercado brasileiro.

Dado esse aspecto e após nossa análise de vantagens e desvantagens, podemos considerar que vale a pena adquirir um VW T-Cross da Volkswagen, mesmo com seu custo elevado, pois todas as características presentes no carro fazem a diferença nos quesitos tecnologia, conforto e segurança.

Sendo assim, quem optar por adquirir o veículo T-Cross fará uma boa compra, levando para casa um veículo de ótimo custo-benefício.

E então, gostou desse conteúdo?

Se você tem dúvidas ou comentários sobre o assunto, é só mandar um e-mail pra gente.

Não esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais. Até a próxima!