Peugeot 208

Carros com Painel Digital: Veja os Melhores Modelos do Mercado

Você sabia que, lá no final da década de 80, a Chevrolet surpreendeu o mercado brasileiro ao trazer carros com o painel digital?

A modernidade fez tanto sucesso que até hoje ele é um dos pontos a considerar antes de comprar um carro.

Afinal, muito mais do que um painel de instrumentos, o painel digital auxilia o motorista durante o percurso, trazendo informações sobre o motor e a velocidade do carro.

Além disso, também traz segurança, já que não é preciso tirar as mãos do volante para ter acesso à música e dados de navegação.

Então, se você está pesquisando carros com o painel digital, confira a nossa lista de veículos com esse item de entrada vendidos no Brasil – alguns deles têm bom preço.

Quais os melhores carros com painel digital do mercado?

As montadoras, cada vez mais, se preocupam com o visual e o interior de um automóvel. Mais do que isso, elas entendem a importância de boas funções para facilitar a vida do motorista.

Por isso, ano após ano, as marcas melhoram seus quadros de instrumentos e adotam a inclusão de acessórios úteis e atrativos, como é o caso do painel 100% digital.

Em nossa lista de carros com painel digital, teremos modelos da Volkswagen, Citroën, Fiat e Peugeot, todos com painéis digitais, mas cada um com suas qualidades.

Veja a seguir os melhores modelos de automóveis com painel 100% digital, vendidos no Brasil!

1. Volkswagen Polo, nosso primeiro carro com painel digital

Volkswagen Polo
Fonte: Motor1

O modelo Highline da Volkswagen Polo é um dos mais baratos modelos do mercado a possuir o painel de instrumentos digital.

Inclusive, a VW chama de Active Info Display e é um item comum em alguns automóveis da marca.

A versão Polo, além de mais econômica, é um carro completo, com motor 1.0 TSI, câmbio automático de 6 marchas e 128cv.

A tela de 10,25 polegadas é suficiente para visualizar informações, como navegação, dados do veículo e telefone, velocidade e rotação.

Também acompanha quatro airbags, central multimídia VW Play, volante multifuncional e rodas de 17 polegadas.

2. Citroën C4 Cactus

Citroën C4 Cactus
Fonte: Quatro Rodas

O C4 Cactus da Citroën é um carro esportivo barato, sim, mas seus acessórios e recursos não deixam a desejar.

Custando um pouco acima de R$100 mil, essa versão traz painel digital nas versões do C4 e, mesmo sendo mais modesto que o da Volkswagen Polo, há uma variedade de funções, como o velocímetro.

O SUV também traz uma ótima experiência em relação aos outros itens, incluindo câmera de ré, central multimídia de 7” com sistemas Apple CarPlay e Android Auto, controle de tração e estabilidade e piloto automático.

Para quem já está pensando em adquirir um C4, mas acha que a versão topo de linha teria maiores benefícios, saiba que a grande diferença entre o SL e o mais caro modelo está no motor, com a seguinte configuração:

  • 1.6 aspirado de 118 cavalos e kgfm 16,1 na versão de entrada;
  • 1.6 THP de 173 cavalos e kgfm 24,5 para a versão top de linha.

3. Nissan Kicks, com painel e conta-giros digital

Nissan Kicks
Fonte: Motor1

O painel de instrumentos digital está presente na versão SL do Nissan Kicks. Apesar de uma tela com 7 polegadas, o condutor pode contar com 12 funções e um quadro de instrumentos configurável.

Além do painel e de um sistema de navegação GPS (sem mapa, mas com bom indicador dos próximos passos), a Kicks Nissan também oferece conta-giros, bússola, computador de bordo, histórico do consumo de combustível e controle de chassi.

Por menos de R$110 mil você leva essa belezinha e mais alguns itens extras, como a central multimídia com acesso à loja de aplicativos.

4. Fiat Toro Endurance

Fiat Toro Endurance
Fonte: Motor1

Endurance é a opção mais barata da Fiat Toro, e além do visual atraente, a montadora apostou em um painel 100% digital com tela de 7 polegadas.

As luzes LEDs nas laterais indicam informações sobre o nível de combustível e temperatura.

O motor é 1.8 flex com 139 cv, torque de 19,3 kgfm e câmbio de 6 marchas automatizado.

Há ainda muitos itens de entrada para essa picape de pouco mais de R$120 mil: 6 airbags, direção elétrica, rodas de 16”, ar condicionado, central multimídia com sistemas Android Auto e Apple CarPlay numa tela de 7” e controle de tração e estabilidade.

5. Volkswagen Virtus

Volkswagen Virtus 1.6 MSI
Fonte: Motor Show

O Virtus é mais um sedã da Volkswagen com Active Info Display, inclusive, as versões Highline da VW vêm com Active Info Display, presente no Virtual e no Polo.

Essa versão também é equipada com 4 airbags, central multimídia VW Play com tela de 10” e rodas de 17”.

O motor do automóvel ainda mantém a configuração de 1.0 TSI de 116/128 cv e torque de 20,4 kgfm, com câmbio automatizado de 6 marchas.

6. Chery Tiggo 3X Pro

Chery Tiggo 3X Pro
Fonte: Revista Carro

O SUV da Chery Tiggo 3X também entra na nossa lista de carros com painel 100% digital.

Mas a tela digital de 7 polegadas está apenas na versão Pro, a mais cara da Tiggo, diferente da versão Plus com dois mostradores analógicos.

Em compensação, a Chery Tiggo 3X Pro tem botão de partida, comando à distância de climatização, central multimídia de 9 polegadas, rodas de 16”, câmera de ré e piloto automático.

O motor turbo de 1.0 traz 102 cavalos e 17,1 kgfm de torque, mas o câmbio é CVT de 9 marchas.

7. JAC T60 Plus

JAC T60 Plus
Fonte: Motor Show

O painel digital aparece na versão Pack 3, que é a mais cara da JAC Motors, que ainda traz o T60 Plus.

Mas o painel 100% digital não é o único item que chama atenção nesse modelo JAC.

A montadora também trouxe teto solar elétrico, ar condicionado digital, central multimídia de 10,25”, freio de estacionamento elétrico, rodas de liga leve 17 polegadas e airbags tanto nas laterais quanto de cortina.

O câmbio CVT é de 6 marchas, com motor 1.5 turbo de 168 cavalos e torque de 21,4 kgfm.

8. Peugeot 208

Peugeot 208
Fonte: AutoPapo

Uma das versões com preço mais em conta do Peugeot 208 é a segunda geração do hatch, que surpreende com uma novidade no mercado: painel digital com efeito 3D.

O motor é 1.6 aspirado, que entrega 118 cv e 15,5 kgfm de torque e câmbio automatizado de 6 marchas.

Além disso, esse hatch traz outros itens interessantes e necessários para o carro, como o alerta de colisão, 6 airbags, reconhecimento de placas, Visiopark 180º, faróis full LED, entre outros.

9. Hyundai HB20

Hyundai HB20
Fonte: Portal Lubes

Um dos veículos mais vendidos do Brasil – Hyundai HB20 – também traz um painel 100% digital.

Diferente dos demais da lista, essa versão de entrada da Hyundai traz o BlueMedia (nome dado a sua Central Multimídia), de 7 polegadas touch screen, mas é um item opcional.

Entre as funções desse modelo HB20 está o controle de comando no volante, compatível com Android Auto, Apple CarPlay e CarLink.

10. Chevrolet Onix

Chevrolet Onix
Fonte: Motor1

E, para fechar, não poderíamos deixar de fora a marca que deu início à evolução dos veículos com painéis digitais: Chevrolet.

Dos anos 80 para cá, muita coisa mudou, mas a Chevrolet continua sendo uma das marcas com mais veículos vendidos no país.

Afinal, além do painel, até sua central multimídia ditou padrões e se tornou referência para a concorrência.

Falando em central multimídia, a tela da Chevrolet Onix conta com 7 polegadas e é compatível com o Apple CarPlay e Android Auto.

Além disso, o Onix tem comando de voz, mas perde um pouco o brilho por não contar com um item específico: sistema GPS.

Considerações finais

Esses foram os melhores automóveis com painel de instrumentos digital a preços mais camaradas.

Mas, se ainda tem dúvidas, considere alguns detalhes, como tamanho de tela e se o quadro de instrumentos revela informações sobre rotação, motorização, velocidade, e tudo que pode ser importante.

Por exemplo, se você tem interesse em um painel maior para acompanhar o sistema de navegação do veículo, nós temos dois modelos na lista: VW Polo e JAC 160 Plus, ambos com 10,25”.

De todo modo, painel digital é um recurso que valoriza os carros para garantir maior segurança às pessoas. Vale a pena investir nesse equipamento.