loader image

Carros Japoneses: 16 Modelos Que o Brasileiro Cobiça

Os carros japoneses, além de oferecerem uma alta confiabilidade e baixa desvalorização na revenda, atraem os olhares dos brasileiros por seu design, conforto e itens de série.

Vamos descobrir quais os modelos de carros japoneses mais cobiçados pelos brasileiros?

Já faz algum tempo que as montadoras japonesas vêm conquistando espaço no coração do público brasileiro.

Encontrar carros japoneses das marcas Toyota, Honda, Subaru, Nissan, Mazda, Mitsubishi e Suzuki circulando pelas ruas do Brasil é bastante comum e, alguns deles, são muito desejados.

Dentre os vários modelos das marcas japonesas, alguns deles se destacam, despertando o interesse de muitos por aqui. São esses modelos que vamos descobrir a seguir!

Os 16 Carros Japoneses mais Cobiçados pelos Brasileiros

Prontos para descobrir os modelos de carros japoneses mais desejados no Brasil? Então, vamos à lista!

1. Toyota Corolla

Esse sedã médio da Toyota é o líder de vendas em seu segmento há anos.

O Corolla conquistou os consumidores brasileiros por sua robustez, confiabilidade, mecânica, manutenção bastante acessível e baixa desvalorização na revenda. Isso tudo sem falar no conforto e elegância.

O Toyota Corolla vem equipado com um motor 2.0 aspirado de alta tecnologia, que oferece 117 cv de potência e torque superior aos 20 kgf/m, indo de 0 a 100 em 9,2 segundos.

Esse sedã é sonho de consumo de boa parte dos motoristas brasileiros e tem excelentes opções no mercado de seminovos.

2. Honda Civic

O principal concorrente do Corolla também possui uma excelente reputação entre o público brasileiro, sendo um dos carros mais vendidos e desejados.

As mesmas virtudes do seu concorrente da Toyota podem ser encontrados no Civic, que conta com um ótimo custo benefício, robustez, conforto e uma incrível facilidade de revenda.

Esse modelo da Honda vem equipado com um motor 2.0 flex nas versões mais baratas, além do excelente câmbio CVT, que auxilia o carro a não engasgar nas trocas de marcha.

Além disso, sua versão mais cara conta oferece o motor 1.5 turbo.

3. Honda Fit

Com o propósito de oferecer conforto aos passageiros e motoristas e caber em qualquer lugar (por isso a denominação Fit), esse hatch da Honda também é bastante desejado pelos brasileiros.

O Honda Fit se destaca também pelo espaço interno bem utilizado, mecânica robusta, valor acessível e a famosa facilidade de revenda que os carros japoneses normalmente oferecem.

O carro vem equipado com um motor 1.5 que entrega uma autonomia significativa, fazendo até 11km/L no cenário urbano (rodando com gasolina), e mais de 15 km por litro nas rodovias.

4. Nissan Kicks

Belo SUV compacto da Nissan, o Nissan Kicks caiu na graça dos brasileiros e atualmente é um dos automóveis japoneses mais vendidos do país. É outro modelo bastante valorizado no mercado de seminovos.

Sua versão de entrada vem equipada com câmbio automático CVT, oferecendo um bom desempenho e possui um custo de manutenção bem atrativo.

Além disso, oferece conectividade, controle de estabilidade e tração e assistente de partida em rampa.

5. Honda HR-V

O Honda HR-V já teve o título de SUV mais vendido no Brasil e continua atraindo olhares e desejos.

Assim, se trata de uma excelente opção para aqueles que procuram um utilitário esportivo compacto, mas que ofereça também um bom nível de conforto para a família.

Sua versão de entrada oferece câmbio CVT, rodas de liga leve, central multimídia, controle de som no volante e bancos de couro.

6. Subaru Imprenza WRX

Os campeonatos profissionais de automobilismo muitas vezes servem de laboratório para as montadoras testarem inovações tecnológicas, visando aumentar o desempenho e conforto dos automóveis de rua.

Pode-se se dizer que esse é o caso desse esportivo japonês da Subaru.

O Imprenza WRX oferece potência, robustez e durabilidade, sendo incrível não só para competições, como para passeios familiares.

Além de impressionar pelo design estilo “Velozes e Furiosos”, o modelo conta com um motor 2.0 turbo que chega a oferecer 270 cavalos de potência.

7. Toyota Supra MK4

O Toyota Supra da quarta geração é um dos esportivos japoneses mais desejados pelos amantes desse segmento.

Trata-se de um carro visualmente muito bonito, com linhas atraentes e uma proporção que dá a impressão que o veículo é maior do que realmente é.

O motor do carro é um 3.0 biturbo, capaz de oferecer 280 cv de potência e consumo médio de 11 litros/100km, indo de 0 a 100 km/h em 5.1 segundos, atingindo a velocidade máxima de 250 km/h.

8. Honda City

O Honda City é outro modelo de sedã médio da marca que faz sucesso em território nacional.

Com a aparência semelhante ao Honda Civic, o carro entrega o que promete, oferecendo um ótimo conforto interno e um bom nível de acabamento.

Além disso, esse modelo possui um bom espaço no porta-malas e possui a fama de dificilmente dar problemas mecânicos.

O City vem com um motor 1.5 que oferece mais de 110 cavalos, e um excelente câmbio CVT, que faz com que a direção fique mais “macia” sem deixar de ser econômico, com autonomias acima dos 10km/l.

9. Mitsubishi Pajero TR4

Saindo um pouco dos modelos hatchs e sedãs, o Pajero TR4 da Mitsubishi é um carro com design quadrado, bastante robusto, com tração nas quatro rodas e que entrega bastante potência.

Com uma suspensão resistente e tração 4×4, o Pajero concilia a força suficiente para um veículo encarar os terrenos mais difíceis com um porte compacto, ideal para o dia a dia.

Esse utilitário japonês possui um motor 2.0 a gasolina, que oferece 131 cavalos de potência e um torque de 18 kgfm.

10. Nissan Versa

Esse 3 volumes foi uma das primeiras ofensivas da Nissan no categoria de entrada. O Nissan Versa é desejado pelo consumidor nacional devido ao seu excelente espaço interno, baixo custo de revisão e um ótimo preço.

O carro possui motor 1.6 16 v que oferece 114 cv de potência e um torque de 15,5 kgfm.

Outra característica que podemos destacar no modelo é seu bom espaço no porta-malas, com capacidade para suportar até 482 litros.

11. Honda NSX

O novo modelo foi inspirado no original que foi lançado em 1990 e que foi testado no autódromo de Suzuka no Japão pelo lendário tricampeão de Fórmula 1, Ayrton Senna.

O automóvel esportivo Honda NSX ainda está equipado com um motor 3.5 V6 biturbo acoplado a três motores elétricos.

A potência combinada é de 580 cv. O câmbio é automatizado de dupla embreagem e nove marchas.

Segundo a Honda, o carro é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos, chegando na velocidade máxima  de 307 km/h.

12. Lexus LFA

O Lexus LFA é um cupê superesportivo alimentado por um motor dez cilindros desenvolvendo um binário máximo de 480 Nm a 6800 rpm.

Ele também traz uma potência máxima de 560 cv a 8700 rpm transmitida às rodas traseiras de 20 polegadas através de uma caixa automática de 6 velocidades.

Seu valor de venda no Brasil chega a quase R$3.000.000. É um carro desejado, mas que poucos terão a oportunidade de comprá-lo.

13. Nissan Skyline GT-R

O Nissan GT-R é um cupê do segmento esportivo, fabricado pela Nissan desde 1969, quando o nome GT-R surgiu na terceira geração do Nissan Skyline.

Atualmente está na décima primeira geração (R35).

O Nissan GT-R se caracteriza por ser um carro esportivo que oferece alto desempenho a um preço moderado se o compararmos com seus rivais.

É fabricado na fábrica de Yokohama no Japão.

Suas formas revelam um carro esportivo com um design agressivo e musculoso.

O Skyline GT-R é equipado com um motor a gasolina V6 bi-turbo de 3,8 litros que entrega 570 cv e tem um binário máximo de 637 Nm.

14. Mitsubishi Lancer Evo X

O Mitsubishi Lancer Evo X é o eterno rival do Subaru Impreza. Nas últimas décadas, eles competiram pelo título de melhor sedan para todo o tipo de terreno.

Qual dos dois é melhor? É uma difícil escolha!

Mas de todos os Mitsubichi Evolutions, sem dúvida o melhor deles foi o último a ser lançado: o Evo X.

Equipado com um motor de 2 litros turbo, oferece 295 cavalos de potência, distribuídos também pelas 4 rodas, e o design é digno de se admirar.

15. Mazda MX 5

O Mazda MX-5 é considerado até hoje como um dos carros mais divertidos de dirigir.

A fórmula para a Mazda ter produzido um carro tão incrível é simples (porém difícil de reproduzir): um carro leve, um motor potente na parte frontal, tração traseira para uma distribuição de peso ideal e o toque final de colocar uma capota removível, para poder desfrutar ao máximo do prazer de o conduzir.

Como “em equipe que ganha, não se mexe”, a Mazda seguiu a mesma receita durante gerações e voltou a lançar um novo MX-5 que em tudo se assemelha ao original datado dos anos 90.

16. Nissan Leaf

O Nissan Leaf foi o carro elétrico mais vendido no Brasil em 2021, mesmo com a chegada de diversos concorrentes no segmento dos elétricos.

Podemos destacar o design, espaço interno, tecnologia e o pacote de segurança.

No quesito conectividade, destacam-se o computador de bordo, o painel de instrumentos de 7 polegadas em HD, a central multimídia de 8 polegadas com espelhamento de Android Auto e Apple CarPlay e o volante multifuncional.

Já no aspecto da segurança, o carro oferece controle de velocidade, assistente de frenagem, sistema inteligente de mudança de faixa, e seis airbags.

Gostou? Leia mais conteúdos relacionados aqui no Review Auto!