como lavar o motor do carro

Como Lavar Motor de Carro da Forma Correta? Aprenda a Maneira Certa!

Quer saber como lavar o motor do carro da forma correta?

Então continue lendo o nosso artigo para aprender a melhor maneira para se lavar o motor do seu veículo.

Muitos motoristas, ao se depararem com o motor completamente sujo, entram em um verdadeiro estado de pânico.

Afinal, para algumas pessoas e, principalmente, para alguns modelos de carro, a lavagem do motor significa problema.

Com peças sensíveis e componentes essenciais que, simplesmente, param de funcionar após uma lavagem, lavar o motor pode tirar o sono de algumas pessoas. Principalmente para aquelas pessoas que amam ver seus carros cintilando.

Por isso, para aquelas pessoas que lavam e limpam seus carros constantemente, se deparar com um motor sujo pode ser um baque e tanto.

Pensando nisso, nós do ReviewAuto decidimos ensinar a você as maneiras mais eficientes para se lavar o motor do seu automóvel.

Portanto, se você realmente quer aprender a lavar o motor do seu veículo da forma correta, prepare-se para conhecer as maneiras mais eficazes para isso.

Vamos lá?

Como Lavar o Motor do Carro da Maneira Correta?

Como Lavar o Motor do Carro da Maneira Correta?
Fonte: Youse

Como vimos acima, lavar o motor do carro não parecia ser uma das tarefas mais simples do mundo. E, de fato, não é. Contudo, existem algumas formas bastante eficientes de se lavar o motor do carro, seja com água ou a seco.

Identificando os estilos de lavagens e tomando alguns cuidados necessários para não comprometer algumas peças mais sensíveis, você estará apto a realizar a lavagem do motor do seu carro.

Vale lembrar também que, alguns postos de lava rápido costumam oferecer o serviço de lavagem de motor aos clientes.

Contudo, o valor cobrado pelos estabelecimentos costumam ser salgados e pouco convidativos.

Por isso, recomendamos que, caso você não tenha condições, ou mesmo não esteja a fim de gastar essa quantia, realize a lavagem em sua própria casa.

Mas antes de começar a jogar água no motor do seu carro, conheça agora alguns pontos importantes que o ajudarão a realizar a lavagem da forma correta.

1. Remova a Bateria do Veículo

Antes de qualquer outra coisa, retire a bateria do veículo.

Para removê-la, retire os cabos que ligam a bateria ao motor. Comece primeiro pelo negativo, para depois retirar o positivo.

2. Certifique-se de que o Motor esteja Frio

Para evitar que o motor sofra um choque térmico, espere que o mesmo esfrie.

Em seguida, vista uma luva, para que sua mão esteja protegida contra peças pontiagudas e sobressalentes.

Logo depois, já com as luvas vestidas, proteja as peças mais delicadas e outros componentes importantes que não possam, em hipótese alguma, entrar em contato com a água.

Peças que possuem chicote de eletricidade, como os módulos eletrônicos de freios ABS, a caixa de fusíveis e, é claro, como a injeção eletrônica, não podem receber água.

Por isso, é necessário que você as isole com a ajuda de um plástico. Faça isso também com o motor do veículo.

3. Verifique se os Reservatórios estão Devidamente Fechados

Antes de lavar o motor do carro com água, certifique-se de que os reservatórios de fluidos de freio e óleo estejam devidamente fechados.

Além dos reservatórios já mencionados, outro cuidado que você deverá tomar é com relação às peças varetas.

Para que você não perca algumas informações e, principalmente, programações realizadas no veículo, dependendo do modelo do carro, jamais desligue-as da bateria.

4. Utilize os Produtos Corretos em sua Lavagem

Durante a lavagem do motor, alguns cuidados, como vimos até então, devem ser tomados para não prejudicar o funcionamento do veículo.

Mas além de fatores como o isolamento de certas peças e a verificação dos reservatórios, outro cuidado que você deverá tomar é em relação aos produtos de limpeza que você utilizará durante a lavagem do motor do seu carro.

Caso você utilize alguma mangueira de alta pressão, conhecida popularmente como “lava jato”, procure deixá-la na menor pressão possível.

Isso porque, caso você não se atente a pressão da água, deixando-a mais forte do que o necessário, peças mais sensíveis poderão ser comprometidas, mesmo que as mesmas estejam isoladas.

Além disso, esqueça os baldes de água, pois, apesar de serem ótimos companheiros para a lavagem do carro em si, os baldes possuem acúmulos de poeira já dentro do recipiente.

Por isso, com o passar do tempo, a sujeira presente na água tornará, ainda mais fácil, a futura sujeira do motor.

Sendo assim, o mais recomendado é que você utilize uma mangueira comum. Afinal, você não precisará se preocupar com a pressão da mesma e nem com o acúmulo de sujeira, presente em um recipiente.

Outra dica de ouro, é que você se atente aos produtos químicos utilizados na lavagem. Isso porque, alguns deles podem corroer e danificar as correntes e mangueiras presentes no motor.

Além disso, procure utilizar esponjas macias, para não danificar que as superfícies do interior do carro.

5. Finalizando a Lavagem do Motor do Carro

Após a finalização da lavagem, deixe o motor secar e, caso queira, utilize produtos para dar brilho às partes plásticas, presentes no interior do veículo.

Em seguida, retire os sacos plásticos dos componentes elétricos do veículo e, com um pano completamente seco, faça uma limpeza nas peças antes isoladas.

Pronto! Seu motor agora está limpo, assim como o seu carro!

Lavagem a Seco e Lavagem a Vapor: Como Funcionam e Quais os Benefícios?

Caso você ainda não esteja se sentindo tão seguro em realizar a lavagem tradicional (com água), ainda existem mais duas outras maneiras de como lavar o motor do seu carro, sendo elas a lavagem a seco e a vapor.

Como o próprio nome já diz, a lavagem a seco não precisa de água. Na teoria. Isso porque a lavagem utiliza produtos de lavagem específicos, além de demandar bastante paciência por parte da pessoa.

Os produtos são utilizados para a limpeza de borrachas, componentes elétricos, plásticos e metais.

Portanto, é um tipo mais seguro de lavagem. Afinal, ela não danifica as peças que antes deveríamos isolar, tornando o processo de lavagem à prova de riscos.

Já a lavagem a vapor utiliza a evaporação da água para retirar a sujeira presente no motor.

O método é bastante recente e, além disso, é o mais promissor de todas as três maneiras citadas anteriormente.

Isso porque não é necessário tantos cuidados (quanto na lavagem com água), como não requer tanta paciência por parte de quem está lavando (como na lavagem a seco).

Além disso, a lavagem é extremamente simples e intuitiva, não demandando força para ser realizada.

E tudo isso também oferecendo um baixíssimo risco às peças mais delicadas e aos módulos eletrônicos presentes no veículo.

Cuidados Extras com o Motor

Feita a lavagem, super recomendamos que você tenha alguns cuidados extras com o motor do seu carro.

Um desses cuidados envolve investir em alguns processos para restaurar as peças do motor.

Isso pode ser feito com alguns produtos que evitam a oxidação das peças. Além disso, também existem produtos que ajudam na lubrificação e hidratação das borrachas e plásticos presentes no interior do veículo.

Pode Lavar o Motor do Carro de Quanto em Quanto Tempo?

Pode Lavar o Motor do Carro de Quanto em Quanto Tempo?
Fonte: WD-40

Assim como a própria carroceria do automóvel, é preciso se atentar à limpeza do seu motor. Contudo, não existe um período pré-definido de dias em que você precisará limpar o motor do seu carro.

Sendo assim, o recomendado é que você monitore o grau de sujeira do motor para que, eventualmente, você continue mantendo-o limpo.

Caso você não esteja apto a julgar a situação de limpeza do seu motor, o mais recomendado é que você leve seu carro a um mecânico de confiança, para que o mesmo possa avaliar a situação atual do motor do seu carro.

Até a próxima!