loader image

Como Perder o Medo de Dirigir? Veja as Melhores Dicas Aqui

Apesar de parecer simples para algumas pessoas, muita gente não dirige por medo. Nesse artigo, vamos dar dicas e informações úteis sobre como perder o medo de dirigir.

O medo de dirigir é mais comum do que as pessoas possam imaginar. Muita gente simplesmente não consegue assumir o volante de um carro.

O medo de dirigir é um distúrbio psicológico bastante comum na sociedade.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, cerca de 6% da população brasileira sofre desse transtorno que tem até nome: amaxofobia.

Tremedeira nas mãos e pernas, batimentos cardíacos acelerados, falta de ar, dor de barriga, ansiedade, calafrios e suor excessivo são alguns dos efeitos quando algumas dessas pessoas se sentam no banco do motorista.

Na opinião dos especialistas, é mais comum encontrar esse medo de dirigir em pessoas que possuem o perfil muito crítico, detalhista, organizado e perfeccionista.

O receio de errar e provocar acidentes também influencia diretamente no medo de começar a dirigir.

Outro fator bastante relevante nessa situação está relacionado à insegurança dos motoristas, que muitas vezes saem das autoescolas sem o treinamento apropriado e ainda não se sentem seguros em conduzir um carro por aí.

Sem dúvida, tirar a habilitação não torna a pessoa automaticamente um excelente motorista.

Além disso, muitas escolas deixam a desejar no preparo e capacitação do aluno, focando apenas na aprovação pelo Detran.

Devido a essa situação, não são poucas as pessoas habilitadas com medo de tirar o carro da garagem

Que tal descobrir algumas dicas valiosas de como perder o medo de dirigir? Veja a seguir!

Dicas de Como Perder o Medo de Dirigir

O Review Auto preparou uma lista com as principais dicas para ajudar as pessoas que têm medo de dirigir. Confira abaixo!

1. Pratique em lugares e horários mais tranquilos

Procure praticar sempre que possível e dê preferência a locais com menos trânsito. Uma boa dica é dirigir em horários que tenham um fluxo de veículos e pessoas menor.

Um domingo pela manhã, com poucos carros circulando pelas ruas, é uma boa sugestão.

Com a prática, a tendência é o motorista ir ganhando confiança, o que consequentemente pode diminuir o medo de dirigir.

2. Mantenha-se focado

Quando for praticar direção, deixe o celular desligado e fora do seu alcance e evite se distrair com músicas.

Para ganhar confiança e perder o medo de dirigir, manter o foco apenas na direção e no que está acontecendo ao seu redor é fundamental.

Portanto, evite ao máximo qualquer tipo de situação que possa tirar sua atenção.

Outra dica importante é não pensar muito, apenas fazer! Assim você evita que seus medos venham à tona. Mas, claro, não deixe de ser prudente.

3. Procure escolher bem o seu carona

Escolha alguém de confiança para ficar no banco do carona e que não te critique o tempo todo quando estiver praticando.

Na hora de colocar as mãos no volante, o ideal é que geradores de ansiedade e estresse sejam evitados. As críticas podem atrapalhar sua evolução, ainda mais quando está na fase de aprendizagem.

Procure alguém que lhe transmita calma e segurança. Além disso, o ideal é que essa pessoa seja um motorista experiente, assim você poderá ter dicas preciosas ao dirigir o veículo.

4. Faça mais aulas de direção

Se você já é habilitado, mas mesmo assim continua com medo de dirigir, procure realizar mais aulas de direção. Existem algumas autoescolas e lugares específicos para treinamento de motoristas já habilitados.

Caso você ainda não possua habilitação, mas continua com medo de dirigir ou está sem confiança, procure fazer mais aulas com seu instrutor. Isso te ajudará a perder os medos e receios.

5. Faça um seguro para o carro que irá utilizar

Caso seu medo de dirigir venha do receio de danificar o veículo, uma boa dica é fazer o seguro do carro.

Com isso você se sentirá mais tranquilo, pois caso ocorra alguma situação de colisão com outro veículo, você poderá acionar o seguro.

6. Procure sempre pensar de forma positiva

É importante condicionar seus pensamentos para algo positivo. Isso evita aqueles pensamentos sabotadores, que criam situações de perigo e catástrofe na sua mente.

Procure focar somente no ato de dirigir e como isso é bom para você, não alimentando algo ruim que nem aconteceu.

7. Aumente o percurso gradativamente

Inicie seus treinos de direção em trajetos curtos e, à medida que for ficando mais confiante, aumente o percurso. Além disso, aumente aos poucos também o tempo que está dirigindo, a velocidade e o nível de dificuldade.

Trace objetivos a serem conquistados, sempre adequados ao seu nível de enfrentamento do medo ao volante.

8. Procure um Psicólogo

Caso você perceba que seu medo de dirigir está acima do normal, o que pode vir a ser até mesmo uma fobia, procure ajuda de um Psicólogo.

É possível que você descubra até algum trauma relativo ao trânsito. O Psicólogo será muito útil para você dar os primeiros passos para vencer esses traumas.

Dessa forma, caso você se sinta incapaz de conseguir enfrentar o problema sozinho, a terapia comportamental cognitiva é bastante indicada.

Quais são as principais causas do medo de dirigir?

Veja a seguir quais são as causas mais comuns do medo de dirigir!

Insegurança

Uma das principais causas do medo de dirigir, sem dúvida, está relacionada à insegurança. É comum motoristas habilitados ainda se sentirem despreparados para encarar o trânsito.

A falta de mais algumas aulas na autoescola ou o treinamento insuficiente podem explicar essa situação. Além disso, o fato de não ter uma pessoa ao lado também pode interferir.

Receio de causar danos ao veículo

Muita gente tem medo de dirigir por receio de bater e danificar o veículo.

É comum alguns motoristas terem essa preocupação excessiva em avariar o carro ou moto, assim, acabam evitando assumir a direção dos veículos.

Medo de acidentes

Outro receio bastante comum é o de sofrer acidentes.

Muitas vezes o trânsito caótico e a falta de obediência às leis acabam causando esse medo no motorista, que fica receoso em se envolver em algum acidente.

Medo de colocar a vida das pessoas em risco

Existem casos em que o motorista não assume a direção do veículo por medo de colocar a vida de outras pessoas em risco. Isso se deve muito em razão do condutor não ter confiança em si próprio.

Estando inseguro ao dirigir um veículo, ele pensa que pode causar acidentes e acabar machucando outro ser humano.

Trauma

Algum acontecimento traumático que já tenha acontecido com a pessoa também pode ser uma das causas do medo de dirigir.

Situações como atropelamentos, colisões entre veículos e perda de entes queridos em acidentes podem influenciar diretamente na condução de um carro ou moto.

Nesses casos, o mais indicado é a procura por um profissional da saúde, que vai auxiliar na perda ou diminuição desses traumas.

Conclusão

Nesse artigo, vimos que o medo de dirigir é bastante comum e afeta muitas pessoas. Porém, é algo que pode ser tratado e revertido.

Esperamos que nossas dicas sejam importantes na hora de saber como lidar com essa situação, ajudando no processo da perda desse medo.

Caso tenha se interessado sobre esse assunto, não deixe de consultar nossos outros conteúdos sobre tudo que envolve o universo dos veículos e suas curiosidades.

Aproveite e boa leitura!