loader image

Envelopamento Automotivo: Saiba Tudo Sobre Envelopar o Carro

Apesar de não ser mais uma novidade no mercado, o envelopamento automotivo tem atraindo um grande número de fãs brasileiros.

Se você quer conhecer um pouco mais do método de estilização que tem dado o que falar, continue lendo este artigo!

O método é utilizado desde a década de 1990, mas sua popularização chegou de forma tardia em solo nacional.

A plotagem, como também é conhecida, oferece uma série de benefícios aos donos de automóveis que querem dar uma cara nova ao seu veículo.

Além de possibilitar a mudança da cor do carro, o material utilizado no envelopamento também ajuda a reduzir drasticamente a chance de avarias à sua lataria.

Não é à toa que a prática vem sendo adotada por um grande número de brasileiros, de São Paulo ao Rio Grande do Sul, de Pernambuco a Salvador.

Podemos assumir que, se você chegou até aqui, certamente tem um grande interesse em conhecer um pouco mais sobre o envelopamento automotivo, certo?

Tendo isso em mente, nós do ReviewAuto decidimos trazer alguns pontos incríveis para que você possa saber absolutamente tudo sobre a arte do envelopamento de carros.

O Que é o Envelopamento Automotivo?

Diferente da pintura tradicional, o envelopamento automotivo é, basicamente, a aplicação de um material adesivo que sobrepõe a pintura original do veículo.

A plotagem pode ser realizada de duas maneiras: a integral, onde toda a lataria do veículo é coberta pelo adesivo, ou a parcial, onde apenas uma região específica recebe o revestimento.

A baixa dificuldade e praticidade tornam o envelopamento um dos métodos mais simples e eficazes para quem deseja revitalizar o veículo.

Além de preservar a pintura original do carro, o envelopamento também permite uma estilização mais “limpa”, já que o uso de tintas não se faz necessário.

Hoje, o mercado conta com uma grande variedade de adesivos, agradando a todos os gostos.

Existem opções que vão desde adesivos brilhantes, que emulam diretamente o efeito da tinta na lataria, até cores e texturas personalizadas, para aqueles que querem ousar um pouco mais.

Qual a Finalidade do Envelopamento?

Apesar de ser associado diretamente à estética do carro, o envelopamento também é responsável por trazer muitos outros benefícios.

Sem dúvidas, um dos maiores benefícios trazidos pelo envelopamento é a proteção contra arranhões e avarias na pintura original do veículo.

A oportunidade de proteger a lataria do carro utilizando o material adesivo é um dos grandes chamativos para os motoristas mais conservadores.

Além da proteção, a estilização rápida e prática também tende a ser um ótimo benefício. Mudar o visual do seu carro nunca foi tão fácil e tão limpo.

O envelopamento possibilita um extenso trabalho criativo por parte do proprietário do automóvel, que pode usar e abusar de cores vibrantes e texturas distintas.

Além disso, o envelopamento também é perfeito para aqueles que desejam promover uma marca, já que é possível realizar uma estampa que não irá agredir a sua carroceria.

Como é Feito o Envelopamento Automotivo?

Apesar de parecer uma tarefa fácil, envelopar um carro demanda muita paciência e conhecimento.

O envelopamento é feito com um material plástico, que pode ser transparente ou possuir várias cores. Além disso, o material também pode ter texturas diferentes, sendo liso ou levemente “texturizado”.

Mas não se engane, pois, como dissemos, a aplicação não é nada fácil. Para instalar o envelopamento no veículo, são necessários dois profissionais, conhecidos como envelopadores.

Ambos os profissionais devem realizar a instalação de maneira suave e paciente, visto que é muito fácil criar bolhas de ar que comprometem seriamente o resultado da aplicação.

Por isso, é comum que o processo leve, pelo menos, 2 a 3 dias para ser realizado. Portanto, não tente arriscar comprometer o visual do seu veículo.

Tipos de Envelopamentos de Carros

Como dissemos ao longo do texto, existem diversos tipos de envelopamentos, alguns possuindo cores mais vibrantes, outros apostando na transparência a fim de manter a cor original bem aparente.

Sendo assim, por que não conhecemos um pouco mais os principais tipos de envelopamento e suas principais características?

Temos certeza de que você achará super interessante!

  • Adesivo em Vinil – O adesivo em vinil, ou Black Piano, como também é conhecido, é um adesivo de excelente qualidade, além de uma alta performance. O adesivo pode ser usado no teto, no porta-malas e no capô, aderindo muito bem a qualquer região lisa. Além disso, tem a durabilidade média de 5 anos, mesmo com os efeitos da luz solar e das chuvas;
  • Adesivo de PVC – Conhecido por ser confeccionado em diversas cores, o adesivo de PVC é o mais comum utilizado no mercado. O material pode ser aplicado por toda a carroceria do automóvel, conferindo uma proteção maior, além de garantir um visual totalmente remodelado;
  • Adesivo de Poliuretano – Diferente do PVC, o adesivo de poliuretano é transparente e sua única função é preservar a carroceria do veículo contra avarias diversas. Vale destacar que a durabilidade dessa variação de envelopamento é a maior, quando a comparamos com os demais modelos de adesivos;
  • Envelopamento Líquido – Diferente de todos os modelos apresentados, o envelopamento líquido não necessita de uma aplicação tradicional, já que, como o próprio nome sugere, trata-se de um envelopamento líquido. A aplicação do produto é feita por spray, que cria um revestimento protetor e, como principal vantagem, conta com um acabamento mais uniforme.

Envelopamento Automotivo: Quais as Vantagens e Desvantagens?

Sem dúvidas, o envelopamento de veículos abrange uma série de pontos positivos, como vimos anteriormente.

Mas como nada está isento de falhas e defeitos, também existem alguns pontos negativos que podem ser bastante incômodos.

Por isso, para que você não sofra com esses pequenos aspectos e, de fato, conheça toda a estrutura do envelopamento, decidimos trazer os principais prós e contras da utilização.

Vamos lá?

Pontos Positivos

  • Decoração – Como bem vimos ao longo do texto, um dos pontos positivos de se adotar o envelopamento no seu carro é o seu alto nível de personalização. Contando com um número bastante extenso de cores, materiais e texturas, os adesivos são produtos essenciais para aqueles que buscam por uma personalização única;
  • Proteção Extra – Outro ponto que podemos destacar como sendo um dos grandes prós do envelopamento é a proteção contra arranhões e avarias leves à carroceria do carro. Além de toda essa proteção extra, o envelopamento também garante a conservação da tinta original do automóvel, protegendo-a contra as mudanças climáticas;
  • Preço em Conta – Personalização de ponta e proteção extra por um preço que cabe no seu bolso. Esse poderia ser o lema do envelopamento, já que seu baixo custo o torna ainda mais atraente do que a pintura automotiva. Portanto, se você preza pela qualidade e pela excelente relação custo-benefício, certamente deveria investir no envelopamento automotivo;
  • Praticidade Diferente da pintura tradicional, a plotagem pode ser facilmente removida, descartando, assim, qualquer possibilidade de gastos exorbitantes.

Pontos Negativos

  • Durabilidade – Apesar de promover uma proteção para lá de satisfatória aos veículos, o envelopamento pode desapontar com a sua durabilidade. É claro que esse fator irá depender do produto escolhido e utilizado pelo proprietário, contudo, a duração média de um adesivo é de 3 a 5 anos. Após exceder a sua data de validade, o adesivo começa a desbotar e a se soltar sozinho da lataria;
  • Danos à Pintura do Carro – Como sabemos, todo material de má qualidade pode render fortes dores de cabeça, e com o envelopamento não é diferente. Caso você decida investir seu dinheiro em um material de qualidade duvidosa, é bem possível que o mesmo lhe cobre um valor bastante ingrato. Alguns adesivos podem, facilmente, comprometer a tinta original do veículo, ocasionando um estrago sem precedentes;
  • Plotagem Parcial – Considerado como um erro bastante comum, muitas pessoas acabam apostando na plotagem parcial dos seus veículos. Seja por adotarem um adesivo de vinil ou por pura e simples questão financeira, a plotagem parcial tende a ser bastante comum. Contudo, vale destacar que os danos causados à tinta do carro podem ser bastante incômodos, já que a área coberta a mais tempo passe uma sensação de maior conservação do que as áreas cobertas posteriormente.

E então, gostou do nosso conteúdo? Leia mais sobre assuntos relacionados aqui no Review Auto.