Fiat Doblò Adventure

Melhores Carros para Estrada de Terra: Conheça 10 Modelos

Para evitar os imprevistos em viagens e suportar o tranco de terrenos acidentados, os melhores carros para estrada de terra possuem algumas características específicas.

Nesse sentido, a realização de uma boa compra depende, em grande medida, da observação atenta de todos os detalhes.

Isto é, escolher o veículo mais adequado às suas necessidades implica, também, em considerar o seu estilo de vida. Por exemplo, caso viaje muito e aprecie uma aventura, os veículos off road são os mais indicados.

Eles podem ser muito úteis, também, para quem trabalha no transporte de itens entre a zona urbana e a zona rural.

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, os melhores carros para estrada de terra. Boa leitura!

Veja agora quais são os melhores carros para estrada de terra

1. Renault Duster

Renault Duster
Fonte: Quatro Rodas

Bastante versátil, o Renault Duster é a opção ideal para quem busca design e conforto e por isso abre nossa lista de melhores carros para estrada de terra.

O veículo conta com o câmbio CVT – apto a contribuir significativamente para a economia de combustível – assim como suspensão traseira mutilink e lataria protegida contra os cascalhos e as pedras.

O Renault Duster possui, além disso, um dos mais amplos porta-malas de sua categoria. Reconhecido pelos consumidores como um excelente carro na relação entre custo e benefício, o modelo passou por uma remodelação profunda em 2020.

A partir de então, oferece bons ângulos de saída e de entrada, com espaço interno superior ao dos concorrentes (isto é, os carros na mesma faixa de preços) e suspensão robusta.

Aliás, é um dos 4 x 4 mais baratos do mercado. Em decorrência disso, se notabilizou pela economia que assegura aos proprietários.

A nova estilização do Renault Duster trouxe mudanças nos faróis, no console centralizado do painel, na grade e nas lanternas, atualizando o visual do carro e o deixando ainda mais bonito.

Desde uma perspectiva tecnológica, o “Easy Link” (sistema multimídia do Renault Duster) permite o emparelhamento do seu smartphone utilizando o Apple CarPlay ou o Android Auto em tela de oito polegadas.

Você poderá, também, projetar quatro câmeras, no momento da baliza, com o Sistema Multiview.

Além disso, entre as características principais do Renault Duster, destacam-se:

  • Potência entre 143 CV e 148 CV;
  • Direção eletro-hidráulica;
  • Motor flex 16 V 2.0;
  • Tração sem reduzida 4 x 4;
  • Torque entre 17, 9 kgfm e 18,8 kgfm;
  • 3 versões distintas: Dakar, Dynamique e Expression;
  • Câmbio manual de seis marchas.

2. Fiat Palio Weekend Adventure

Fiat Palio Weekend Adventure
Fonte: Quatro Rodas

Embora o Fiat Palio Weekend Adventure tenha saído de linha, continua sendo uma excelente alternativa para quem deseja um carro para estrada de terra.

O modelo, especificamente projetado para essa finalidade, durou vinte e três anos no mercado, sendo fabricado até recentemente no Brasil com a sua proposta crossover.

Assim, o Fiat Palio Weekend Adventure oferece um espaçoso porta malas, suspensão elevada e pneus de utilização mista.

Os modelos que dispõem do Locker têm um interessante recurso para eventuais atoladas leves na terra, qual seja, o bloqueio eletrônico e altamente eficaz do diferencial dianteiro.

Ademais, essa tecnologia blocante é responsável por equilibrar a tensão e a força nas 2 rodas dianteiras, impedindo que o carro fique aprisionado em buracos ou enfrente situações nas quais só uma das rodas entra em contato com o solo.

No que tange ao seu desenho, o sistema Locker entrega um visual mais arrojado ao Fiat Palio Weekend Adventure. Isso agrada esteticamente os condutores mais aventureiros.

Em seu lançamento, o Fiat Palio Weekend Adventure gerou inovação em sua categoria, advindo da evolução do automóvel que não foi pensado, desde o início, para as estradas de terra: o célebre modelo Fiat Palio Weekend.

A versão Adventure, por exemplo, possibilitou que ele se firmasse como um dos preferidos dos consumidores brasileiros. Por outro lado, o espaço interno é uma das mais importantes reclamações dos proprietários.

Para superar essa dificuldade, a montadora tenta compensar com o oferecimento de preços mais acessíveis.

Os modelos mais recentes do Fiat Palio Weekend Adventure, um dos melhores carros para estrada de terra, trouxeram uma novidade relevante com a transmissão Dualogic Plus, articulando borboletas no lado posterior do volante.

Tal sistema é, também, conhecido pela nomenclatura “paddle shift”, permitindo passadas de marchas que não requerem que os motoristas tirem as suas mãos do volante.

3. Volkswagen Saveiro Cross

Volkswagen Saveiro Cross
Fonte: Autoesporte

O modelo Volkswagen Saveiro Cross destina-se, desde a sua concepção inicial, para garantir a maior segurança e estabilidade entre os carros para estradas de terra e/ou acidentadas.

Altamente confortável, esse carro garante uma ótima dirigibilidade, com assistente para as partidas em rampas, isolamento acústico, segurança, dimensões compactas e direção hidráulica.

Ademais, na versão Cross, essa picape compacta é comercializada com cabines duplas e com o mais completo nível de equipamentos, incluindo suspensão elevada, pneus de utilização mista, estribos (aspectos essenciais aos aventureiros), trio elétrico, controles de subida e de estabilidade.

Após ganhar com diversos prêmios na categoria das picapes leves, a Volkswagen Saveiro Cross comprovou ser um modelo de grande versatilidade e um dos melhores carros para estrada de terra.

Afinal, ela possui uma estrutura desenhada para oferecer alta performance em estrada de terra. A estabilidade que os condutores relatam na pista serve como um bom exemplo disso.

Outros destaques da Volkswagen Saveiro Cross fazem de sua aquisição a escolha mais apropriada para quem almeja um veículo prático, que articule utilidade a design, pois oferece uma ótima caçamba para a realização do transporte de cargas sem, para tanto, perder o seu visual esportivo e bonito – mesmo sem o grande porte inerente à maioria dos utilitários.

A ficha técnica da Volkswagen Saveiro Cross demonstra a qualidade do veículo, contando com:

  • Tração dianteira;
  • Direção hidráulica;
  • Motor de 16 V 1.6;
  • Potência entre 110 CV e 120 CV;
  • Disponibilização nas versões “Volkswagen Saveiro Cross CE” e “Volkswagen Saveiro Cross CD”;
  • Câmbio manual de cinco marchas;
  • Torque entre 15,8 kgfm e 17,1 kgfm;
  • Consumo médio de 44 km l.

4. Jeep Renegade

Jeep Renegade
Fonte: Quatro Rodas

Considerado um dos modelos preferidos pelos consumidores que apreciam aventuras off road, o Jeep Renegade tende a “enganar” aqueles que se concentram apenas na questão do tamanho.

Vale lembrar que marca Jeep está fortemente associada às estradas irregulares. Nesse contexto, o Renegade conta com versões 4 x4 e 4 x 2, com motores diesel e flex, respectivamente.

Apesar de ser mais caro em comparação com outros veículos de nossa lista, pode ser interessante analisar a possibilidade de comprar um seminovo, já que esse é realmente um dos melhores carros para estrada de terra.

Mesmo não tendo sido lançado há muito tempo, o Jeep Renegade já se converteu em um tradicional carro para estradas de terra no Brasil.

Com efeito, é um dos SUVs com melhores números de vendas: as suas versões com tração 4 x 4 e motor turbodiesel representam uma excelente alternativa quanto à relação entre custo e benefício, sobretudo, para os trilheiros.

A partir dos modelos da linha de 2020, o Jeep Renegade dispõe de novos equipamentos, um design inconfundível e marcante e opcionais que promovem e facilitam uma condução segura e firme dos motoristas.

Ademais, dentre os principais itens, destacam-se o controle de tração e de estabilidade, as lanternas traseiras especialmente elaboradas para a neblina, os faróis dianteiros, o computador de bordo e o controle da velocidade em descidas.

O Jeep Renegade apresenta, em suma:

  • Potência entre 135 CV e 139 CV;
  • Direção elétrica;
  • Tração 4 x 4 ou dianteira;
  • Torque entre 18,8 kgfm e 19,3 kgfm;
  • Consumo médio de 0,5 Km l;
  • Câmbio automático e dotado de modo manual de seis marchas;
  • Motores de 1.8 a 2.0, contando com quatro cilindros (diesel);
  • Disponível nas versões Auto 4WD TDI Trailhawk, Auto 4WD TDI Longitude, Limited Auto, Longitude Auto, Sport Auto, STD Auto e Auto PCD.

5. Renault Kwid

Renault Kwid
Fonte: Motor1

Entre os veículos listados, o Renault Kwid certamente figura entre os mais acessíveis.

Tanto os ângulos de saída e de entrada quanto a sua altura em paralelo ao solo (dezoito centímetros) indicam a qualidade do carro na superação de irregularidades no asfalto e de buracos das estradas de terra.

Considerado, ainda, como um dos carros para estrada de terra mais econômicos, o Renault Kwid entrega aos seus proprietários uma excelente relação entre custo e benefício.

Afinal, tem um motor de três cilindros 1.0 SCe, além do menor consumo médio de sua categoria: cerca de 10,5 km l (com etanol) e 15,2 km/l (gasolina).

Desde uma perspectiva técnica, o automóvel é classificado como subcompacto, contando com bom vão livre.

Cumpre ressaltar que os custos de manutenção do Renault Kwid também são menores, de modo que você dirigirá bastante sem, para tanto, gastar muito dinheiro.

Outros pontos de destaque do Renault Kwid podem ser encontrados em seu amplo espaço interno e no maior porta malas de sua categoria (com capacidade de duzentos e noventa litros).

Isto é, você terá espaço de sobra a fim de levar, no seu carro, o que quiser. Em outras palavras, cada detalhe do Renault Kwid busca tornar a experiência de condução a mais confortável possível.

Por esse motivo, o veículo vem equipado com itens como a direção elétrica – macia o suficiente para tornar as manobras ao volante bem mais fáceis.

Adicionalmente, os consumidores se beneficiam dos detalhes em laranja, rodas Flex Wheel (e calotas pretas), saias na traseira e na frente, faixas laterais, barras de teto e um design ainda mais robusto.

6. Ford Ecosport

Ford EcoSport
Fonte: Motor1

O Ford Ecosport pode ser considerado como grande campeão no mercado brasileiro dos carros para as estradas de terra.

O modelo tem um sistema com 7 unidades de airbags, tração 4WD automática flex e muito conforto em seu espaço interno.

Você ainda poderá se aproveitar do fato de que o veículo se encontra saindo de linha e, assim, levar uma unidade mais completa sem gastar tanto.

Com efeito, o Ford Ecosport é um pioneiro dos SUVs urbanos. Não obstante, se vale de uma excelente relação entre custo e benefício.

Um dos maiores destaques são os seus equipamentos que variam segundo a versão adquirida: o modelo é comercializado com a alternativa de tração integral e direção elétrica.

Não por acaso, muitos especialistas identificam o Ford Ecosport como um dos melhores veículos para estradas de terra. Assim, o modelo fez grande sucesso, também, no exterior, obtendo a posição de liderança em seu segmento de mercado.

Ou seja, o Ford Ecosport pode atender tanto os condutores que efetuam passeios mais tranquilos quanto os que querem se aventurar em trilhas mais pesadas.

Como os preços da assistência técnica e do seguro são menores, o carro é muito elogiado no que tange à relação entre custo e benefício.

Essa característica do Ford Ecosport enseja boas revendas, uma vez que os índices de desvalorização também são baixos. Você pode escolher uma versão voltada para as estradas de terra ou mais urbana, com equipamentos próprios.

7. Toyota Hilux

Toyota Hilux
Fonte: Motor1

A Toyota Hilux disponibiliza (nas suas versões mais recentes) reformulação em sua suspensão e, também, nas molas – o que assegura viagens muito mais agradáveis nos bancos traseiros.

A caminhonete é versátil, articulando a praticidade com o conforto.

Dessa forma, a Toyota Hilux é o sonho de consumo de praticamente todos os condutores que desejam experimentar aventuras em estrada de terra.

As suas novas versões vêm, conforme mencionado, com convenientes reformulações nas molas e na suspensão, viabilizando viagens mais seguras para os caronas e os motoristas.

Recentemente, o modelo estreou a nova versão – que rapidamente se popularizou – intitulada “V 6”.

O motor diesel da Toyota Hilux é desenvolvido sob uma plataforma global, dispondo de 50,8 kgfm de torque (transmissão automática), um engate mais rápido e uma melhor aceleração entre as trocas, bem como um consumo reduzido (na ordem de 4%) quando comparado com a sua geração precedente.

A economia da Toyota Hilux transcende os baixos níveis de consumo de combustível.

Em outras palavras, a assistência técnica mais qualificada do Brasil garante bons serviços para que o seu carro chegue ainda mais longe.

O modelo tem preços fixos para os serviços de revisão e manutenção, com a excelência no atendimento que caracteriza a qualidade Toyota.

Além disso, a tecnologia presente na Toyota Hilux é surpreendente: o sistema Smart Entry 3, por exemplo, destrava as portas mediante o acionamento de um botão.

8. Renault Sandero Stepway

Renault Sandero Stepway
Fonte: Autoesporte

Originalmente, a nomenclatura “Renault Sandero” representava somente uma versão do carro.

Entretanto, em função do sucesso obtido junto ao mercado no Brasil, a montadora decidiu promover a desvinculação de seu “irmão menos sofisticado”, passando a nomeá-lo de Renault Sandero Stepway.

Ele é um carro hatch dotado com visual marcante e suspensão mais elevada, o que vem conquistando os motoristas mais aventureiros.

Nessa categoria, o Renault Sandero Stepway é um dos que mais se destacam quanto ao espaço interno, proporcionando um porta malas de trezentos e vinte litros de capacidade, assim como ótimas acomodações para as cabeças e as pernas dos ocupantes, seja em seus bancos dianteiros ou nos bancos traseiros.

O Renault Sandero Stepway vem equipado com o CVT XTRONIC (câmbio automático), disponibilizando aceleração contínua e respostas rápidas, sem trancos e bastante suave.

Então, caso a sua aventura exija muito espaço, este é o veículo ideal.

Desse modo, o Renault Sandero Stepway conta com dois airbags laterais e dois airbags frontais, o sistema ISOFIX para a fixação de cinto de segurança (com três pontos) e cadeirinhas infantis.

Tudo isso oferece mais segurança para os passageiros e para o motorista.

O Media Evolution, no Renault Sandero Stepway, está repleto de soluções tecnológicas.

Assim, com o Apple CarPlay e o Android Auto, você poderá utilizar apps como Google Maps (no Android Auto), Waze e Spotify e, também, enviar os áudios da sua conta do WhatsApp diretamente à tela de sete polegadas touchscreen.

9. Volkswagen Crossfox

Volkswagen Crossfox
Fonte: Autoesporte

O Volkswagen Crossfox faz jus à sua antiga campanha publicitária, conseguindo se diferenciar das concorrentes precisamente pelo fato de ser um modelo compacto para quem vê, porém, gigante para quem anda.

Em termos práticos, a ideia de afixar o estepe junto à tampa do porta-malas contribuiu para alcançar tal objetivo, conferindo adicionalmente um design jovial e esportivo ao carro.

Em relação ao Volkswagen Fox, as diferenças básicas podem ser encontradas nos opcionais inerentes às viagens em estrada de terra, como pneus especificamente desenhados para o off road ou centros urbanos, regulagem mais alta na suspensão e quebra-mato embutido em seu para-choque dianteiro.

Desta maneira, o Volkswagen Crossfox é 53 mm mais alto que o seu congênere voltada para as vias urbanas. Além disso, o veículo tem um preço mais acessível.

A meta central da montadora ao lançar o Volkswagen Crossfox era inovar, ofertando aspectos integralmente diversos do que havia no mercado nacional.

Esse ponto foi de tanta relevância que a marca anunciou, à época, que estava dando início a um novo segmento, qual seja, o “Sport Utility Compact” (SUC).

Seja como for, o Volkswagen Crossfox é o segundo integrante da chamada “família Fox”, sendo um veículo que harmonizava as características discrepantes de carros urbanos e aventureiros.

10. Fiat Doblò Adventure

Fiat Doblò Adventure
Fonte: Car Blog

O estilo minivan, presente no Fiat Doblò Adventure, é ideal para quem necessita de muito espaço – de São Paulo a Pernambuco, o carro faz muito sucesso.

O modelo possui um robusto porta malas (a sua capacidade é de seiscentos e sessenta e cinco litros) e acomoda até 7 pessoas.

Para auxiliar nas viagens em estrada de terra, o Fiat Doblò Adventure conta com suspensão reforçada e pneus de uso misto. Chamado, também, de “minifurgão”, o veículo resiste no tempo, todavia, é altamente recomendável par as famílias.

A altura de vinte e dois centímetros em relação ao solo e o sistema Locker são importantes diferenciais do Fiat Doblò Adventure.

Além disso, não podemos deixar de mencionar, evidentemente, características como:

  • repetidores de direção;
  • grandes retrovisores com ajustes elétricos;
  • rodas de liga leve em aros de quinze ou dezesseis polegadas;
  • para-choque reforçado (são até 4 faróis circulares);
  • grade cromada;
  • grandes faróis duplos.

Como se não bastasse, ao adquirir o Fiat Doblò Adventure, você se beneficiará dos limpadores traseiro e dianteiro, das lanternas verticais, da suspensão elevada, do teto alto, dos vidros e das portas deslizantes, dos estribos laterais, do estepe traseiro com trava e suporte de segurança e das barras longitudinais localizadas no teto.