loader image

Melhores Motos da Yamaha: Veja os 7 Modelos Campeões

Quais são as melhores motos da Yamaha? Se você quer saber tudo sobre os modelos campeões, este é o conteúdo ideal para você!

Ao lado da Honda, a Yamaha é uma das empresas mais populares e influentes de todo o Brasil. Ambas as empresas disputam acirradamente para se manterem no topo de vendas do país.

Por isso, conhecer um pouco mais a fundo os principais modelos da marca pode ser uma tarefa bastante recompensadora.

O consórcio mantém-se como o favorito de muitos brasileiros, seja por seus modelos com design mais arrojado, seja pela durabilidade e consistência de suas motos.

Mas, afinal, em meio a tantos modelos presentes no mercado, quais são, de fato, os melhores?

Se você sempre teve essa curiosidade, nós do ReviewAuto decidimos responder essa questão trazendo as 7 melhores motos da Yamaha presentes no mercado nacional.

Yamaha é mais do que moto: é estilo de vida.

Temos certeza de que você está muito curioso para descobrir quais modelos estão nessa lista. Vamos lá?

Melhores Motos da Yamaha: Confira os 7 Melhores Modelos Presentes no Mercado Nacional

Sabemos que o mercado automobilístico vem sofrendo bastante nos últimos anos.

Some isso aos problemas econômicos vividos pelo país e você encontrará um cenário pouco propenso a compras.

Por isso, é comum que muitas pessoas deem uma boa pesquisada antes de adquirirem um novo veículo.

Pensando nisso, decidimos trazer 7 motos incríveis da Yamaha que você precisa conhecer! Sendo assim, vamos direto para o primeiro modelo da lista.

1. Yamaha Factor 150

Preço médio no Brasil (R$): 6.935,00 a 8.890,00

Rivalizando diretamente com a Honda CG 160 Fan, a Yamaha Factor 150 conta com conjunto bastante competente e especificações bem robustas.

A moto conta com um visual para lá de ousado, apostando em linhas de personalidade e um design bastante esportivo.

Diferente de outros modelos de entrada, a Factor 150 é bastante confortável e possui um desempenho bastante satisfatório.

A Factor 150 possui um motor com capacidade cúbica de 149,31 cm³, que desenvolve 12,4 cavalos de potência máxima com torque de 1,3 kgf.m.

Além de todas essas características, a moto também possui uma manutenção extremamente barata.

Ou seja, mesmo se sua robustez for posta à prova, dificilmente você precisará desembolsar um valor exorbitante para consertá-la.

Mas esse não é o único ponto que aliviará o seu bolso, já que a moto também é bastante econômica.

Seu consumo é de 35 quilômetros por litro, o que é excelente para uma moto consideravelmente leve.

2. Yamaha MT-03

Preço médio no Brasil (R$): 25.490,00

Considerada uma das melhores motos lançadas em 2021, a Yamaha MT-03 ainda mantém sua relevância e nos lembra porque é a líder do segmento Street “Premium”.

A moto é composta por linhas ousadas e um design para lá de esportivo que, aliados à sua robustez, fazem da MT-03 uma das motocicletas mais bem construídas da gigante japonesa.

Se a moto impressiona pelo excelente trabalho em seu design, seu desempenho não fica para trás, já que a moto de baixa cilindrada possui uma performance surpreendente.

Seu motor de 2 cilindros e refrigeração líquida desenvolve 42 cavalos de potência, com 3,0 kgf.m de torque.

Mesmo que a moto possua especificações bem expressivas, é com a tecnologia DiASil que percebemos o quanto o trabalho de design foi extremamente priorizado.

A tecnologia é responsável pela dissipação do calor do motor, além de diminuir drasticamente sua vibração.

Isso faz com que a MT-03 possua um desempenho ainda mais eficiente do que de costume teria.

Além disso, a moto também conta com freios a disco com sistema ABS nas duas rodas, banco em dois níveis, farol full led, injeção eletrônica, indicador de troca de óleo e muito mais.

Podemos dizer, facilmente, que a Yamaha MT-03 é um dos modelos mais completos da nossa lista.

3. Yamaha Ténéré 250

Preço médio no Brasil (R$): 14.225,00

A Yamaha Ténéré 250 é, sem dúvidas, uma das motos mais bem-sucedidas de toda a marca.

Rival direta da Honda XRE 300, a Ténéré é um verdadeiro sucesso de vendas, atraindo uma verdadeira legião de fãs.

O modelo trail, apesar de não possuir um desempenho de destaque, consegue se manter firme na grande maioria das vezes, mostrando ser uma moto “pau pra toda obra”.

Uma excelente adição ao seu design foi um para-brisa que, apesar de não parecer grande coisa, auxilia e muito seus pilotos.

Mesmo com a falta de comodidade e algumas falhas com o desempenho geral, a Ténéré 250 é uma moto super equilibrada e conta como diferencial com uma excelente relação custo-benefício.

Enfim, é bastante fácil adquirir essa motocicleta por um preço bem justo.

4. Yamaha Crosser 150 Z ABS

Preço médio no Brasil (R$): 16.590,00

Mais versátil e resistente que suas versões anteriores, a Yamaha Crosser 150 Z aposta em um conjunto mais completo, trazendo mais segurança e comodidade aos seus usuários.

A Crosser 150 Z, como dito anteriormente, possui grande versatilidade e pode ser pilotada tanto na cidade quanto na estrada sem qualquer problema.

Mas é nos terrenos mais irregulares que a moto se sobressai.

Seu para-lama mais alto e sua suspensão em link ajudam a moto a manter a estabilidade em terrenos mais árduos ou em estradas esburacadas.

Além de sua ótima estabilidade, outro ponto que se destaca na Crosser 150 Z é a sua ótima comodidade, já que a moto possui um banco mais firme, porém confortável.

A moto da Yamaha também conta com novos freios ABS de série, que auxiliam a moto em frenagens mais bruscas.

5. Yamaha Lander 250

Preço médio no Brasil (R$): 23.300,00

Se tem uma palavra que consegue resumir muito bem a Yamaha Lander 250 é “versatilidade”.

A Lander é amplamente conhecida e cai super bem no gosto popular.

Um dos aspectos mais interessantes da moto é o quão bem ela consegue performar em estradas de terra ou asfaltadas, sendo uma verdadeira On-Off.

Exemplo de potência e robustez, a Yamaha Lander conta com um visual super moderno, apostando fortemente na comodidade de seus condutores.

Seu banco possui estofamento mediano, mas não se engane. O assento é bastante cômodo e dificilmente você se sentirá desconfortável durante uma viagem.

Partindo para as especificações de seu motor, a Lander possui um potencial bruto, mas econômico.

A moto de alta cilindrada performa 21 cavalos de potência, com 2,1 kgf.m de torque. Ainda assim, a moto consegue ser bastante econômica, fazendo 36 quilômetros por litro.

Apesar de todo o conjunto equilibrado oferecido pelo modelo da Yamaha, vale destacar que a Lander pesa 153 kg, o que pode ser um ponto bastante negativo, visto que suas concorrentes diretas pesam cerca de 10 quilos a menos que a moto japonesa.

6. Yamaha XMAX 250

Preço médio no Brasil (R$): 25.990,00

Se você é fã de scooters e se perguntou qual modelo melhor lhe definiria nessa lista, então a Yamaha XMAX 250 é perfeita para você.

Assim como toda scooter que se preze, a XMAX 250 é amplamente conhecida por sua praticidade.

A moto é extremamente simples de se pilotar, e a presença do câmbio CVT só intensifica ainda mais essa característica.

A XMAX também se destaca por oferecer um conjunto bastante econômico, já que seu motor de 22,8 cv consome 29 km/l, o que está de excelente tamanho.

Contudo, não é o único benefício de que opta pela XMAX.

Um dos pontos de maior destaque da scooter é justamente o seu motor de 250 cm³, que conta com arrefecimento líquido e tecnologia DiASil, que reduz drasticamente a vibração do motor, enquanto dissipa todo o calor.

7. Yamaha Crypton 115

Preço médio no Brasil (R$): 6.590,00

E se nós disséssemos que existe uma moto da Yamaha tão interessante quanto a Honda Biz?

Pois é, a Yamaha Crypton 115 consegue ser uma moto super econômica, além de possuir uma excelente comodidade.

Um dos motivos que tornam a Crypton 115 uma das melhores motos da Yamaha é a sua praticidade.

A moto possui uma simplicidade singular, sendo extremamente fácil de se pilotar, mesmo para pessoas de baixa estatura.

Seu motor de 114 cm³ produz 8,2 cv de potência máxima e torque 0,9 kgf.m, um valor bastante modesto, como podemos reparar.

Contudo, essas especificações, aliadas ao pouco peso da moto, fazem da T Crypton uma das motos mais econômicas da gigante japonesa.

A Yamaha Crypton 115 faz 38 quilômetros por litro durante seu melhor consumo. Já o pior fica com a marca de 31 km/l, o que ainda é excelente.

Se o seu desejo sempre foi desfrutar de uma moto simples e, principalmente, econômica, não deixe de conhecer a Crypton 115 da Yamaha.