loader image

Motos Mais Econômicas: 6 Modelos Bons Para o Bolso

Quais são as motos mais econômicas presentes no mercado brasileiro? Se você quer saber quais são os melhores modelos custo-benefício, saiba que é exatamente sobre isso que falaremos hoje.

Não é surpresa para ninguém que o mercado de automóveis foi severamente balançado pelo surto desenfreado do novo coronavírus.

Contudo, o mercado já começa a respirar mais aliviado, principalmente quando olhamos para as motos.

O mercado cresceu cerca de 26,4% no ano de 2021, vendendo cerca de 1.157.369 unidades no ano.

Com o aumento considerável e a volta cada vez mais próxima da “normalidade” cotidiana, muitos brasileiros veem a oportunidade de adquirirem uma nova motocicleta de maneira mais segura.

Mas, afinal, quais são as motos mais econômicas do mercado brasileiro? Nós, do ReviewAuto, fizemos uma lista completa com 6 modelos incríveis que você precisa conhecer!

Motos mais econômicas: conheça 6 modelos com excelente custo-benefício

Realizar o sonho de comprar a primeira moto não é uma das tarefas mais simples do mundo, mas ainda assim as diversas opções presentes no mercado são extremamente convidativas, até mesmo para aqueles com a situação financeira um pouco mais apertada.

Se você se vê nessa situação, não se preocupe, pois aqui listamos 6 modelos de muita qualidade e um preço bastante amistoso.

Sendo assim, vamos direto para o nosso primeiro modelo da lista.

1. Honda Pop 110i

Consumo excelente e durabilidade de ponta, a Honda Pop 110i é a clássica moto “boa e barata”.

Considerada “pau para toda a obra”, a Honda Pop 110i é uma das motos mais resistentes de toda a lista. Além disso, seus preços acessíveis fazem dela uma das melhores opções presentes no mercado.

A força da moto, como mostrado acima, é um dos pontos que mais chamam a atenção no veículo.

Sua alta durabilidade é exaltada ainda mais pelos interioranos, que utilizam a moto em terrenos mais desafiadores e de formas muito mais intensas.

A moto, além de durável, é extremamente econômica e leve, o que faz dela uma excelente opção para quem deseja economizar com combustível.

Contudo, se tem uma coisa em que a Pop 110i deixa a desejar é no seu design extremamente problemático.

Ainda assim, a falta de harmonização no design é facilmente compensada pelos outros atributos positivos.

  • Consumo: 55 km/l
  • Potência: 7,9 cv
  • Torque: 0,9 kgf.m
  • Preço: R$ 6.840,00

2. Honda Biz 110i

Existem motos de excelente qualidade e preços acessíveis, e existe a Honda Biz 110i que conta com ambas as características e acrescenta ainda uma dose única de conforto.

Considerada um dos maiores sucessos da japonesa, a Biz está presente no mercado desde 1998. Um verdadeiro sucesso de vendas que encanta até os dias de hoje.

O design da motoneta é discreto e bastante elegante. Ainda assim, é muito comum ver algumas pessoas alegando que a moto não passa de uma Scooter, mas essa teoria não condiz com a parte mecânica da motocicleta.

A moto conta com um conjunto bastante competente, sendo um verdadeiro exemplo de economia e robustez, já que a Biz é ainda mais robusta que a Pop 110i.

Ainda que a moto gire em torno dos 8 a 10 mil reais, o investimento é um dos melhores e dificilmente você se arrependerá.

  • Consumo: 52 km/l
  • Potência: 8,33 cv
  • Torque: 0,89 kgf.m
  • Preço: R$ 9.870,00

3. Honda NXR 160 Bros

Se você é fã de uma trail, então vai se apaixonar pela Honda NXR 160 Bros.

A moto veterana de baixa cilindrada conta com o equilíbrio perfeito entre robustez e design arrojado.

A trail é a escolha ideal para aqueles que desejam contornar o péssimo estado das ruas e estradas, sendo também a escolha de muitos interioranos, que precisam lidar com o solo precário.

Além do novo design, a moto também ganhou proteção na suspensão, o que garante ainda mais durabilidade.

Além disso, a NXR 160 Bros também vem equipada com uma caixa manual de 5 marchas e CBS nos freios, o que a torna ainda mais segura para pilotos ainda em estágio de aprendizagem.

  • Consumo: 46 km/l
  • Potência: 14,5/14,7 cv
  • Torque: 1,46/1,60 kgf.m
  • Preço: R$ 14.780

4. Yamaha Factor 125

Considerada uma das motocicletas mais econômicas de todo o Brasil, a Yamaha Factor 125 é uma excelente opção para aqueles que desejam uma moto econômica, em todos os sentidos.

A moto leva fama por sua excelente durabilidade e consistência, assim como sua antiga rival, Honda CG 125.

Mesmo que a moto venha a apresentar algum defeito futuro, é muito provável que você não precise desembolsar um valor tão alto, visto que a Factor possui uma das manutenções mais baratas do país.

Além da ótima durabilidade e da manutenção barata, outro ponto que se destaca no modelo Yamaha é o conforto, já que seu banco alongado e o posicionamento do guidão proporcionam boa comodidade.

A moto também conta com um câmbio sincronizado de cinco marchas e freios UBS.

  • Consumo: 42 km/l
  • Potência: 11/11,1 cv
  • Torque: 1,2 kgf.m
  • Preço: R$ 12.390

5. Honda CG 160

É claro que a Honda CG não poderia ficar de fora da nossa lista, não é mesmo? Lançada com quatro versões, a moto é uma das mais famosas e econômicas de todo o país.

Diferente da sua irmã menor, a Honda CG 160 consegue ser mais potente, mas mantém a autonomia de 660 quilômetros quando abastecida com gasolina.

Além disso, sua robustez continua sendo um dos pontos de destaque do veículo, que parece ser ainda mais resistente que as demais motos da lista.

O motor Flex se mantém em todas as versões da moto, essa característica ajuda a melhorar ainda mais a condução da motocicleta, que aqui surge impecável.

Portanto, se você deseja uma moto consistente e não deseja pagar muito por isso, vá de Honda CG 160.

  • Consumo: 41 km/l
  • Potência: 14,9 cv
  • Torque: 1,4 kgf.m
  • Preço: R$ 10.630

6. Yamaha Factor 150

Encerrando essa lista de motos mais econômicas, temos a Yamaha Factor 150,  uma evolução direta de sua irmã menor, a Yamaha Factor 125. Contudo, não espere uma moto tão robusta quanto o modelo anterior.

Apesar de contar com um conjunto mais potente e equilibrado que sua versão 125, sua durabilidade e resistência não conseguem superar o modelo anterior, que aparece ainda como principal referência.

Contudo, inegavelmente a Yamaha Factor 150 consegue se sobressair em todos os outros requisitos, tornando-se um modelo muito mais atraente.

Sua ótima relação custo-benefício se sobressai até mesmo quando comparada às outras motos da lista, sendo a Factor 150 uma das opções mais completas que listamos aqui.

  • Consumo: 40 km/l
  • Potência: 12,2/12,4 cv
  • Torque: 1,3 kgf.m
  • Preço: R$ 12.450