loader image

Prós e Contras do Nissan March: Vale ou Não Vale a Pena?

Existem, no Brasil, diversas marcas e modelos de carros disponíveis para compras, trocas e vendas. Hoje iremos falar sobre os prós e contras do Nissan March em um conteúdo que será muito útil para quem está cogitando comprar o veículo.

Na hora de adquirir um carro, seja para rodar na cidade, seja para viagens mais longas, é preciso estar por dentro do funcionamento do mercado de veículos e correr atrás de todas as informações que possam ser necessárias para que você não faça um mau negócio e evite dor de cabeça no futuro.

O Nissan March foi o primeiro carro do tipo popular com origem no Japão a chegar ao Brasil. O seu lançamento por aqui ocorreu em meados de 2011, e o carro já chegou como modelo 2012.

A principal instalação da Nissan aqui no Brasil funcionou durante muito tempo na cidade de Resende, no Rio de Janeiro.

Portanto, se você quer conhecer mais sobre os equipamentos que compõem o veículo, bem como seus pontos fortes e fracos, ou seja, os principais prós e contras do Nissan March, confira este conteúdo até o fim!

Versões do Nissan March disponíveis no Brasil

Desde que a marca iniciou sua atuação no Brasil, foram lançadas 4 versões diferentes do March.

Cada versão conta com suas especificidades e ajustes que foram feitos no decorrer do tempo, que iremos comentar mais detalhadamente nas próximas seções deste artigo. São elas:

  • 1.0 SV
  • 1.6 SV
  • 1.6 SV CVT
  • 1.6 SL CVT

Características gerais do Nissan March

O Nissan March surgiu com estilo singular, bem ao modo do estilo japonês na fabricação de carros: passar confiança ao motorista e ser barato para manter.

É claro que essa receita agradou bastante os brasileiros, com o passar do tempo, que viam a oportunidade ideal de novas opções de carros com custo-benefício atraente.

Nesse sentido, a primeira versão do Nissan March por aqui foi o 1.0 S.

O modelo traz como equipamentos de fábrica direção elétrica, ar-condicionado, airbags dianteiros, computador de bordo, trio elétrico e regulagem de altura, tanto para a coluna de direção, quanto para o banco do motorista.

Em contrapartida, o freio ABS com controle eletrônico de frenagem não é encontrado nem como equipamento opcional.

Motor

Em relação ao motor, temos o Renault 1.0 16V de 74 cv, que está presente no Clio desde 2001.

A baixa potência desse motor, presente nas primeiras versões do March, faz com que ele não se apresente como o melhor carro para pegar rodovias ou fazer percursos mais longos.

Câmbio

O sistema de câmbio do veículo é bastante preciso, principalmente ao rodar por ladeiras ou nas situações de paradas e saídas dos semáforos.

O ponto negativo para o câmbio é o alto desgaste que ele pode sofrer em decorrência do uso, o que traz ao proprietário a necessidade de se realizar trocas de forma constante.

Dimensões, peso, acabamento e espaço interno

O hatch é considerado pequeno e leve para sua categoria. Com 925 kg, o veículo se mostra bastante prático para dirigir em vias urbanas, ideal para quem tem medo de dirigir, e fácil para fazer o estacionamento.

Na parte da direção, existe uma boa comunicação com o sistema de suspensão, mantendo-se sempre firme, o que não costuma comprometer muito o conforto do motorista ou demais passageiros.

Entretanto, o interior do carro pode decepcionar alguns proprietários, pois o acabamento é feito a partir de plásticos rígidos e compromete a questão do isolamento acústico, fazendo com que alguns dos ruídos no interior do carro sejam altos o suficiente para incomodar motoristas e passageiros.

O Nissan March é um veículo bem típico para rodar no ambiente urbano.

O espaço do carro é bastante aceitável para até quatro pessoas. Além disso, o porta-malas possui espaço para modestos 265 litros, o que se mostra suficiente para os veículos desse tipo.

Entretanto, caso você precise viajar com muita frequência ou para lugares muito distantes, talvez considere o Nissan March versão 1.6 S como uma escolha melhor.

Nesse caso, o veículo possui o motor Nissan HR16DE de 111 cv com duplo comando de válvulas.

Em viagens mais longas, esse tipo de motor possui um desempenho melhor, além do fato de que o consumo de combustível se mostra bastante contido.

Itens de série e itens adicionais

A partir da produção do Nissan March em 2014, algumas coisas mudaram e diversos elementos foram acrescentados em relação aos modelos que viriam.

O modelo passou a ser produzido com visual reestilizado, ganhando conteúdo semelhante ao de um compacto premium. Foram adicionadas direção elétrica e freios ABS de série, para todas as versões que viriam a seguir.

Nesse sentido, podemos destacar o modelo 1.6 March SL, que ganhou, como equipamentos de fábrica, ar-condicionado digital, câmera para ré, rodas tamanho 16 e uma central multimídia com tela sensível ao toque.

Em uma de suas últimas atualizações, o Nissan March ganhou como opção o câmbio automático CVT, tanto nas versões SV, como também nas versões SL com motor 1.6 16V.

Em relação a todas as versões do Nissan March, chamamos sua atenção em relação à versão mais básica do veículo.

Desde seu lançamento, essa versão acabou ficando encalhada nas lojas especializadas, mesmo sendo oferecida por preços bastante atraentes.

O principal motivo é que esse modelo mais básico não oferece a direção elétrica, item que acabou se tornando pré-requisito para qualquer pessoa que desejava adquirir o March.

Quanto à versão de carros SL 2020, uma das últimas versões do Nissan March lançadas aqui no Brasil, além de todos os equipamentos já destacados anteriormente, foram adicionados dois extras que acabaram agradando bastante os proprietários.

Estamos falando do ar-condicionado digital, que proporciona uma comodidade extra, por ser bastante silencioso; e de uma câmera traseira, que mostrou ser bastante prática, principalmente para a hora de estacionar.

Pontos positivos

  • O interior do carro possui painel de instrumentos com interface simples e intuitiva.
  • Forração de porta com plásticos.
  • Bancos são bem desenhados e proporcionam conforto tanto ao motorista, quanto aos passageiros.
  • O carro possui um bom tamanho para rodar em ambientes urbanos.
  • Boa posição para dirigir.
  • Bancos com regulagem de altura.
  • O computador de bordo oferece diversos tipos de informações ao motorista.
  • Vidros elétricos com trava de segurança.
  • Bom desempenho do motor 1.6.
  • Bom desempenho do sistema de câmbio.
  • Consumo de combustível econômico.
  • Ar-condicionado digital silencioso na versão do March 2020.
  • A versão SV possui apenas câmbio manual disponível.
  • Algumas versões contam com o Nissan Way Assistance (assistência 24 horas).

Pontos negativos

  • O visual de alguns dos modelos é meio polêmico e tem gerado algumas controvérsias entre os proprietários do veículo.
  • A iluminação dos controles de portas não é boa.
  • Acabamento pobre.
  • Não existe conexão USB integrada ao painel, além da que está disponível na central multimídia.
  • Pouca segurança no interior do carro, principalmente em relação ao cinto de segurança e falta de ancoragem no banco traseiro.
  • Apesar da central multimídia ser boa, falta entrosamento com o carro.
  • Baixo isolamento acústico.

Alguns pontos para se prestar atenção

  • Recall: é preciso verificar o recall dos March produzidos entre julho de 2011 e setembro de 2014. Esses modelos saíram com airbags danificados em decorrência dos geradores de gases presentes no sistema e que foram montados de forma errada.
  • Vidros laterais: essa parte do veículo costuma sofrer com vibrações por causa do acabamento usado na porta. Para resolver, você mesmo pode tentar ajustar ou fazer a substituição das canaletas.
  • Ruídos internos: ao adquirir um modelo March, verifique se a tampa do porta-malas está em boas condições de uso. Com o passar do tempo, a tampa costuma apresentar ruídos causados por incorreções de fixação.
  • Correia dentada: outro ponto para ser observado é o estado da correia no motor 1.0 16V. Caso esteja em mau estado, o rompimento causa problema nas válvulas, e é preciso retificar o cabeçote.

O March saiu de linha no Brasil?

Após muitos anos produzindo os modelos de carros March aqui no Brasil, a marca anunciou o encerramento da produção do carro em 2020, e desde então não foram produzidos mais veículos Nissan March.

Conclusão: vale a pena adquirir o Nissan March pelo seu custo-benefício?

Diante de tudo o que foi dito sobre o March, tanto sobre os pontos fortes como os pontos fracos, salientamos que a decisão de adquirir o carro vai depender muito de seu perfil de motorista.

De posse de todas as informações sobre o modelo e suas versões, fica mais fácil analisar se realmente vale a pena adquirir um March, sabendo de suas limitações e como isso pode afetar a experiência do motorista.

Por outro lado, como vimos, o veículo possui alguns pontos fracos isolados, mas ao final, adquirir o carro pensando no custo-benefício do conjunto pode valer a pena, pois por ser um carro já fora de produção, os preços se mostram atraentes ao consumidor.

Apesar de tudo, o Nissan March entrega o que promete.

Por fim, um ponto que você deve observar é fugir das versões mais antigas. Se pretende adquirir algum dos carros da marca, dê preferência à versão March SL 2020.

E então, gostou desse conteúdo?

Se você tem dúvidas ou comentários sobre o assunto, é só mandar um e-mail pra gente.

Não esqueça de compartilhar com seus amigos nas redes sociais. Até a próxima!