como ganhar dinheiro com carros

Piores Marcas de Carros: 8 Piores Avaliações no Mercado

O sonho de comprar um carro pode vir acompanhado de uma grande alegria, ou então uma enorme dor de cabeça. Assim, se você quer evitar eventuais problemas que podem acompanhar esse ato, venha com a gente conhecer as piores marcas de carros para comprar.

Devido à forte crise vivida no setor automobilístico, comprar um automóvel, mesmo popular, tem se tornado uma tarefa ainda mais difícil.

É necessário ter uma responsabilidade ainda maior com o dinheiro a ser gasto com o automóvel, a fim de adquirir um modelo que o acompanhará por um bom tempo.

Contudo, sabemos que nem sempre as coisas são como gostaríamos e, algumas vezes, podemos sofrer as consequências de adquirir um produto de qualidade questionável, seja pela fabricação do veículo ou, principalmente, pela prestação de serviços da própria marca.

Hoje podemos ter uma noção melhor sobre o trabalho que os fabricantes automobilísticos vêm realizando no mercado, principalmente graças ao site Reclame Aqui.

Ou seja, o Reclame Aqui é um portal onde os consumidores podem realizar diversas reclamações sobre compra, venda, produtos e serviços de praticamente qualquer empresa.

O site é uma das principais fontes de pesquisa para aqueles que desejam conhecer a reputação de uma empresa através da perspectiva popular.

Então, nós decidimos fazer uma pesquisa sobre as 8 piores marcas de automóveis no Brasil, de acordo com o Reclame Aqui.

Vamos lá?

As 8 piores marcas de carros presentes no Brasil de acordo com o Reclame Aqui

1. Fiat

Fiat
Fonte: Transparent PNG Images For Free

Apesar de ser uma das marcas mais comercializadas em solo nacional, a Fiat é igualmente considerada uma das piores marcas de carro presentes no país.

Mesmo com uma pontuação mediana de 7,5 no ranking, a marca ainda sofre com diversos problemas na fabricação de seus veículos, além da enorme demora em responder seus consumidores, o que faz com que sua nota permaneça mediana.

Sem dúvida, a má relação pós-venda com seus clientes não permite que a marca atinja pontuações mais expressivas, e nós sabemos como essa relação é importante e fundamental para os consumidores.

Assim, por esse motivo, a marca inaugura a nossa lista de piores marcas de carros.

Reputação Geral

  • Nota – 7,2 (Bom)
  • Reclamações – 10.060
  • Respondidas – 9.306
  • Não respondidas – 527

2. CAOA Chery

Caoa Chery
Fonte: Logo Download

A gigante chinesa CAOA Chery vem ganhando cada vez mais notoriedade em solo nacional, tendo passado até mesmo a Ford em número de vendas em junho de 2021.

Contudo, parece que a sua má reputação vem acompanhando esse crescimento linear, por isso, a fabricante está em nossa lista de piores marcas de carros.

Apesar de ter um índice de solução acima dos 70%, a Chery ainda deixa muito a desejar na hora de responder às diversas reclamações em sua página no Reclame Aqui.

Todo esse contratempo faz com que a empresa não consiga cativar os seus fãs, gerando assim notas medianas.

Entre as principais deficiências da chinesa estão a falta de suporte com relação às peças frágeis que equipam seus veículos e a questão de suas garantias, que certamente vêm acompanhadas de muita dor de cabeça.

Apesar de responder grande parte das reclamações dos usuários, muitos dos problemas permanecem atormentando os clientes.

Reputação Geral

  • Nota – 6,9 (Regular)
  • Reclamações – 2.613
  • Respondidas – 2.491
  • Não respondidas – 109

3. Peugeot

Peugeot
Fonte: Motor1

Tenho certeza que você estava sentindo falta de uma empresa francesa na lista, não é?

A Peugeot é uma das marcas mais conturbadas do mercado automobilístico brasileiro e o mesmo também pode ser dito de seu perfil no site Reclame Aqui.

É comum que devido a tantos problemas enfrentados pelos carros da empresa, como sua manutenção caríssima e sua qualidade de construção, diversos consumidores necessitem de uma intervenção direta da Peugeot.

Contudo, isso nem sempre acontece da forma esperada.

Com um índice de solução de apenas 62,4%, a principal reclamação a chegar à empresa é o problema com os painéis multimídia de seus veículos.

O número expressivo de reclamações nos faz acreditar que o problema venha direto da fábrica, mesmo em modelos mais novos.

Sua situação é tão crítica que apenas 51% de seus compradores voltariam a fazer negócios com a empresa.

Reputação Geral

  • Nota – 6,3 (Regular)
  • Reclamações – 1.803
  • Respondidas – 1.656
  • Não respondidas – 116

4. Troller

Troller
Fonte: Elo7

Responsável pela confecção de carros robustos e versáteis, a Troller era uma subsidiária da marca Ford.

Digo “era” pois a gigante americana decidiu encerrar as atividades da empresa genuinamente brasileira no ano de 2021.

Apesar da montagem de qualidade de seus veículos e seus valores atrativos, a interferência direta da Ford acabou desagradando boa parte dos fãs da marca, o que fez com que as reclamações aumentassem consideravelmente.

Um dos casos de interferência direta da marca foi o cancelamento da picape Troller Pantanal após a produção de 70 unidades.

O grande motivo do cancelamento foi a competição direta com a Ford Ranger, ameaçando a consagrada picape da gigante americana.

Contudo, esses problemas também repercutiram em seu consumidor, como não poderia ser diferente.

Sem dúvida, um dos pontos mais criticados pelos compradores da marca é a sua falta de comunicação, fazendo com que a resolução de um problema, às vezes até simples, se estenda desnecessariamente.

Desde pedidos de peças até guinchos excessivos, tudo faz com que os compradores pensem duas vezes antes de adquirir um veículo da antiga montadora.

Para se ter uma noção, apenas 50% dos usuários pretendem continuar negociando com a ex-montadora, um número baixíssimo.

Para os que decidirem se arriscar, saibam que o índice de resolução de um problema é de, aproximadamente, 64%.

Reputação Geral

  • Nota – 6,3 (Regular)
  • Reclamações – 100
  • Respondidas – 94
  • Não respondidas – 10

5. Volkswagen

Volkswagen
Fonte: logosmarcas

Considerada uma das marcas mais populares presentes no Brasil, a Volkswagen se destaca por contar com modelos de bom custo-benefício, além de peças baratas e de fácil acesso.

Entretanto, isso não acontece com o atendimento, que está bem aquém de sua reputação.

Alguns veículos produzidos pela empresa precisam de reparos constantes, como certamente foi visto na sexta geração do carro mais famoso da empresa, o Gol.

E é justamente quando a ação da empresa é necessária que os problemas costumam aparecer.

Por exemplo: ausência de peças, alguns erros ao aplicarem bônus às compras de veículos e alguns problemas mais graves, vindos desde sua produção.

Muitos de seus clientes alegam total descaso por parte da empresa alemã.

Reclamações sem respostas ou qualquer tipo de posicionamento da empresa fazem com que alguns clientes fiquem à própria sorte.

Reputação Geral

  • Nota – 6,2 (Regular)
  • Reclamações – 9.593
  • Respondidas – 6.852
  • Não respondidas – 2.364

6. Citroën

Citroën
Fonte: Logo Download

Marcando a presença de mais uma empresa francesa à nossa lista, a Citroën conta com uma série de problemas que vão desde a reposição de peças até o péssimo atendimento da marca aos seus clientes, o que certamente a coloca com destaque nessa seleção de piores marcas de carros.

Como dito acima, a reposição de peças está entre uma das maiores reclamações realizadas pelos usuários.

Contudo, nada se compara à sua péssima assistência, lesando completamente os clientes da marca.

Ao lado de outras marcas francesas, como a Renault e a Peugeot, a Citroën possui um número consideravelmente baixo de vendas no Brasil.

Esse número também se reflete em suas reclamações, pois acreditamos que se suas vendas fossem mais expressivas, o número de reclamações aumentaria exponencialmente, deixando a marca ainda menos relevante.

Para termos uma base sólida da má reputação da empresa francesa, no ano de 2020 alcançou a pontuação de 5,5, com apenas 449 reclamações, com 437 delas sendo respondidas.

Apesar de toda a satisfação dada pelos usuários do site, apenas 38,9% dos mesmos voltariam a fazer negócios com a marca, um número extremamente baixo se levarmos em consideração os 13.177 carros vendidos pela empresa no ano.

Reputação Geral

  • Nota – 6,2 (Regular)
  • Reclamações – 2.463
  • Respondidas – 2.348
  • Não respondidas – 66

7. BMW

BMW
Fonte: Logo Download

Apesar de ser o sonho de consumo de muitos, adquirir uma BMW exige certos cuidados, como um dinheiro extra para a reposição de peças, coisa que não é nada barata.

Manter uma BMW é tão caro quanto comprá-la. Suas peças são importadas, o que lhe renderá um alto custo.

E se isso não fosse o suficiente, as autorizadas e especializadas cobram um valor ainda mais alto para a manutenção do veículo.

Contudo, isso já seria esperado pelo comprador. O que é inesperado é ter que lidar com a péssima qualidade do atendimento da empresa alemã.

Isto porque seus canais de contatos são extremamente falhos, comprometendo a resolução de qualquer problema que o cliente venha a ter.

Existem casos onde alguns modelos ainda seguem sendo comercializados, mas sem peças de reposição, significando de forma indireta “adquira por sua conta e risco”.

Todo esse desrespeito com o consumidor acabou gerando graves problemas à marca. Suas vendas caíram consideravelmente, enquanto se tornava cada vez menos relevante.

Reputação Geral

  • Nota – 5,2 (Ruim)
  • Reclamações – 1.040
  • Respondidas – 731
  • Não respondidas – 216

Recomendamos: melhores marcas de carros.

8. Land Rover

Land Rover
Fonte: GNV Anchieta

Odiada por muitos e amada por muito poucos, a Land Rover se classifica como a pior marca de carros de todo o mundo.

Apesar de levarmos em consideração apenas os fatores destacados pelo site Reclame Aqui, parece que a situação global da marca também vem sofrendo de forma bastante intensa.

Considerada uma das principais empresas de pesquisa dos Estados Unidos, a JD Power realizou uma pesquisa de qualidade em 2020 com a presença de 33 marcas.

A empresa utiliza o sistema PP100, onde quanto maiores os índices, pior é a sua qualidade em geral.

Na pesquisa de qualidade, a empresa subsidiária da Jaguar apareceu em último lugar, com 244 pontos – ou seja, 244 problemas a cada 100 modelos.

No Brasil as coisas não são diferentes, afinal, o site Reclame Aqui considerou a marca como “Ruim”, mostrando que diversos problemas relatados pelos usuários ainda permanecem em seus veículos.

A péssima comunicação proporcionada pela empresa também dificulta, e muito, a resolução dos problemas presentes nos modelos da marca inglesa.

Assim, encerramos nossa lista de piores marcas de carros com uma fabricante que tem carros tão bonitos quanto problemáticos.

Reputação Geral

  • Pontuação – 5,2 (Ruim)
  • Reclamações – 475
  • Respondidas – 255
  • Não respondidas – 84