loader image

Marcas de carros no Brasil: veja quais são as 12 maiores

O que faz com que determinadas marcas de carros no Brasil obtenham destaque?

Essa é uma questão relevante e com diversas respostas possíveis que, sem dúvida, todos os fabricantes procuram compreender.

Há vários elementos que contribuem para que uma montadora chegue ao topo do mercado, de modo que não basta ter o melhor produto.

Sobretudo, em nosso país, no qual o valor dos automóveis atinge preços altíssimos, em muitas ocasiões, a relação entre custo e benefício se torna mais importante que as qualidades de um dado modelo, colocando-o à frente de seus rivais.

Pensando nisso, elencamos, a seguir, algumas das maiores marcas de carro no Brasil.

Vale lembrar, contudo, que apresentamos uma lista e não um ranking.

Ou seja, a numeração visa, exclusivamente, facilitar e tornar a leitura mais agradável, não classificá-las por importância ou grandeza.

Preparado para descobrir quais são as maiores marcas de carros no Brasil? Então, veja a seguir!

As 12 maiores marcas de carros no Brasil

1. Caoa Chery

Caoa Chery
Fonte: Logo Download

A Caoa Chery (cujo nome oficial é “Chery Automobile”) é uma companhia automobilística estatal chinesa. A fundação da empresa ocorreu em 1997, quando o governo da China visava estimular economicamente a região de Wuhu.

Dessa forma, ela foi, inicialmente, uma montadora de jogos infantis e brinquedos.

Todavia, como encontrou dificuldades na obtenção de licenciamentos que autorizassem a comercialização dos seus modelos em todo o país, a organização foi salva em decorrência de uma solicitação feita pelo governo local (que, na época era o único acionista) para a produção e emplacamentos de táxis.

A SAIC (Shangai Automotive Industry Corporation) passou a deter, em 2001, participação na empresa, facilitando a distribuição de seus produtos.

Em 2002, a companhia contratou diversos profissionais que, assim, deixaram a Daewoo – motivados pela abertura de seu processo de falência.

Essas pessoas transferiram mais do que força de trabalho para a Chery, levando projetos inteiros dos modelos que, de outra forma, seriam realizados pela Daewoo.

Consequentemente, a Caoa Chery produz dois modelos (“Chery Oriental Son” e “Chery QQ”) que são similares aos modelos “Daewoo Magnus” e “Daewoo Matiz (ambos da GMDAT).

A sede da Caoa Chery está em uma área de cerca de 2 milhões de metros quadrados, situada na província de Anhuí, cidade de Wuhu.

A companhia conta com mais de quinze fábricas construídas e emprega, na atualidade, algo em torno de vinte e dois mil trabalhadores.

2. Hyundai

Hyundai
Fonte: Emblemax

Dentre as marcas de carros no Brasil, temos a Hyundai Motor Company, uma multinacional de origem sul-coreana voltada à produção de automóveis. A sua sede fica na capital do país, Seul, tendo sido fundada por Chung Ju-Yung, em 1967.

Entretanto, Ju-Yung já havia criado, em 1947, uma empresa chamada “Hyundai Engineering and Construction Company”.

A construção de viaturas começou em 1948, uma vez que a Hyundai (ou “moderno” em tradução livre) tinha um acordo firmado com a empresa estadunidense Ford para a produção de automóveis desta marca, exclusivamente para o mercado doméstico.

Com efeito, a Hyundai opera, em Ulsan, a maior fábrica integrada do mundo.

Sua capacidade anual de produção é de quase dois milhões de automóveis, superando quase todas as montadoras existentes. A empresa gera emprego para mais de setenta e cinco mil trabalhadores ao redor do mundo.

A montadora comercializa seus carros em mais de cento e noventa países, chegando a cinco mil salas de exposições e concessionárias.

O Grupo Caoa, no Brasil, é o responsável pelas distribuições de veículos importados da Hyundai em nosso território (como o Hyundai HB20) e, também, pela montagem de kits CKD no caminhão leve Tucson HR e do SUV IX34 na cidade goiana de Anápolis, assim como dos célebres caminhões de 7 toneladas.

3. Mercedes Benz

Mercedes Benz
Fonte: ABCdoABC

Seguindo com a lista de marcas de carros no Brasil, agora vamos à marca de automóveis alemã, a Mercedes Benz, que pertence ao grupo chamado “Daimler AG”, foi criado no ano de 1924 como resultado da fusão entre a Daimler Motoren Gesellschaft e a Benz & Cie.

Sendo assim, trata-se da empresa mais antiga de veículos comerciais, não só da Alemanha, como de todo o mundo.

Ela produz seus próprios motores, ônibus, caminhões e, evidentemente, automóveis. É uma marca de carros no Brasil atuante há muito tempo.

As origens da Mercedes Benz podem ser encontradas no modelo de 1886 da Benz & Cie. (Rheinische Gasmotorenfabrik), o Benz Patent Motorwagen e no Mercedes 35 HP, da Daimler Motoren Gesellschaft, de 1901.

Ademais, vale destacar que o primeiro é o pioneiro mundial entre os automóveis movidos a gasolina.

A Benz & Cie, fundada no ano de 1883, foi a maior companhia criado por Karl Benz. Por sua vez, o criador da Daimler foi Gottlieb Daimler e Wilhelm Maybach na década de 1890.

Como Daimler faleceria em 1900, Maybach acabou deixando a companhia em 1907. Nesse período, a Benz e a Daimler eram grandes rivais em vendas, disputando quase a totalidade do mercado da época.

Em 1924, contudo, ambas as empresas assinaram um acordo que preconizava o auxílio mútuo na produção de suas unidades, em decorrência da necessidade de acelerar o crescimento da economia alemão depois da Primeira Guerra Mundial.

4. Fiat

Fiat
Fonte: Transparent PNG Images For Free

Certamente, dentre as marcas de carros no Brasil, a Fiat se destaca.

FIAT é o acrônimo de “Fabbrica Italiana Automobili Torino” e, na realidade, é uma das marcas de propriedade da companhia Stellantis, uma das maiores fabricantes de veículos do mundo, tendo sua sede em Turim, no norte da Itália.

Formada em 2007, a Fiat Automobiles S.A., surgiu em decorrência da reformulação dos negócios automotivos da empresa, em uma história que remonta ao ano de 1899, na ocasião em que foi criada por Giovanni Agnelli e produziu o seu primeiro carro Fiat.

Aliás, interessante notar que a Igreja Católica figura entre os seus mais célebres acionistas.

O termo “FIAT” também vem do latim e significa “faça-se”.

Depois da Primeira Guerra Mundial, então, a companhia contou com apoio governamental para começar a realizar investimentos em distintas áreas, tais como os mercados de construção, de trens, de tratores e de jatos – muitos desses produtos chegariam ao consumidor brasileiro.

Gianni Agnelli, o neto do fundador da FIAT, chefiou a empresa de 1966 até o ano de sua morte, em 2003.

A sucessão ficou, como era de se esperar, dentro da família. Agora, o líder da corporação é Umberto Agnelli, seu irmão.

5. Renault

Renault
Fonte: Logo Download

A companhia francesa Renault S.A. fabrica veículos desde 1899, tendo sido fundada por Louis Renault. Desse modo, ela produz caminhões, ônibus, vans, furgões e automóveis (médios e pequenos).

A Renault, que é uma das marcas de carros no Brasil, tornou-se mundialmente conhecida, principalmente, pelos protótipos desenvolvidos, tais como o “Renault 16” e os monovolumes Espace, Kwid, Scénic e Twingo.

Ao longo do tempo, a Renault foi laureada com diversos prêmios internacionais, por exemplo:

  • Na Irlanda: Carro do Ano por duas vezes;
  • Pela Eurásia Autobest: Carro do Ano por três vezes;
  • Na Espanha: Carro do Ano por nove vezes;
  • No continente europeu: Carro do Ano por seis vezes.

A Renault S.A. (ou “Grupo Renault”) atualmente tem seis marcas automotivas, quais sejam:

  • “Renault” – marca principal da companhia com atuação global;
  • “Alpine” – marca de automóveis esportivos;
  • “Dacia” – uma montadora na Romênia com atuação no norte da África e na Europa;
  • “AvtoVAZ” – controladora da marca Lada no território Russo e em outras localidades do leste europeu;
  • “Renault Samsung Motors” – com atuação na Coreia do Sul;
  • “Dongfeng Renault” – voltada ao mercado chinês.

Além do sucesso em venda, a empresa possui uma participação de quarenta e três por cento junto à montadora japonesa Nissan.

Ademais, o Grupo Renault integra uma articulação ainda maior (culminando, por exemplo, no modelo Renault Captur), chamada de “Aliança Renault Nissan Mitsubishi”, situando-se como o 3º maior do mundo, logo atrás dos grupos formados pela Toyota e pela Volkswagen.

6. Alfa Romeo

Alfa Romeo
Fonte: marcas-logo

A fabricante italiana de automóveis Alfa Romeo integra o Grupo Fiat desde o ano de 1987.

O aristocrata milanês Cavaliere Ugo Stella e industrial francês do setor automotivo Alexandre Darracq, fundaram a empresa “Darracq Italiana”, iniciando a produção de carros da marca Darracq em Nápoles.

Stella, devido ao fim da parceria, buscou o financiamento de investidores italianos para mover as linhas de produção a uma fábrica que estava desativada no subúrbio de Milão, em Portelli, alterando, na oportunidade, o nome de sua empresa para “Anonima Lombarda Fabbrica Automobili” (ALFA).

O primeiro veículo produzido inteiramente pela empresa foi o modelo de 1910 “24 HP”, então desenhado pelo célebre Giuseppe Merosi, que se inspirou na potência gerada pelo motor para batizá-lo.

Merosi, posteriormente, participou da elaboração de novos automóveis da Alfa, dotados de motores mais robustos, isto é, de quarenta a sessenta cavalos de potência.

A ALFA se aventurou, também, em competições automobilísticas, mediante a atuação dos pilotos Ronzoni e Franchini, tomando parte na Targa Florio, ocorrida em 1911.

7. Land Rover

Land Rover
Fonte: GNV Anchieta

A marca britânica Land Rover está fortemente associada ao luxo, sendo de propriedade da companhia Jaguar Land Rover – uma multinacional sediada em Coventry, Inglaterra.

Interessante notar que esta, por sua vez, é uma subsidiária da fabricante Tata Motors, da Índia, desde meados de 2008.

Por conta de suas características, certamente não poderia deixar de aparecer nessa lista de marcas de carros no Brasil.

Há, no Brasil, cerca de trinta e cinco concessionárias autorizadas Land Rover desde 1992 – ano em que a marca regressou ao nosso país.

A mais antiga das concessionárias no Brasil é a Land Rio, que fica no Rio de Janeiro.

O nome “Land Rover” designa, ainda, o primeiro veículo off road para uso civil fabricado em 1948. Posteriormente, a divisão obteve autonomia, passando a construir e a desenhar uma ampla gama desse tipo de veículos.

Ao longo de sua história no Brasil e no mundo, a Land Rover foi controlada por várias empresas do ramo automobilístico, como a Ford, a BMW, a British Aerospace, a British Leyland e, conforme mencionado, a Tata Motors (a partir de 2008) que a comprou da Ford.

Os automóveis e demais veículos permanecem sendo fabricados nas proximidades de Birmingham, mais precisamente, em Solihull, Inglaterra, sendo dali exportado para todos os continentes.

8. Volkswagen

Volkswagen
Fonte: logosmarcas

A marca Volkswagen (VW) designa a montadora alemã de veículos pertencente ao Grupo Volkswagen.

Em termos práticos, é o maior fabricante do mundo, tendo sua sede na Baixa Saxônia, mais precisamente na cidade de Wolfsburg.

Além da marca referida, a companhia também é proprietária das marcas Scania, Volkswagen Ônibus e Caminhões, MAN, Škoda Auto, Porsche, Seat, Lamborghini, Ducati, Bugatti, Bentley e Audi.

A VW elevou, em 2011, sua participação no Grupo MAN SE (antes, já era sua maior acionista) para 56% das ações, consolidando-se na condição de acionista majoritária.

No ano seguinte, então, a Volkswagen incorporou o segmento comercial originário da Porsche, em um negócio que superou a marca dos € 3 bilhões.

Desse modo, a VW obteve o direito de operar e negociar a marca “Porsche”, aproximando-se da fusão com a Porsche Holding Salzburg (PHS).

Em seguida, por intermédio da marca “Audi”, a Volkswagen anunciou a compra da fabricante de motos italiana “Ducati”, incrementando a rivalidade existente com a BMW, inclusive, no segmento de motocicletas esportivas.

Vale mencionar que a VW patrocina, ainda, algumas ações e eventos esportivos de grande importância, como a Academia de David Beckham, a Seleção de Futebol da Rússia, a Seleção da Nova Zelândia, a Seleção da Argentina e o Rali Dakar.

9. Chevrolet

Chevrolet
Fonte: Logo Download

A Chevrolet, carinhosamente chamada pelos consumidores de “Chevy”, é uma indústria estadunidense de veículos fundada em 1911 pelo empreendedor, engenheiro e piloto Louis Chevrolet que inovou, entre outros aspectos, no porta malas de seus veículos.

Na atualidade, a empresa integra o grupo GM (General Motors), ao lado de marcas como Pontiac, Holdem, GMC, Buick, Cadillac e Vauxhall.

Ademais, a Chevrolet é a fabricante do automóvel mais vendido do Brasil, o Onix.

No período de sua criação, Louis Chevrolet contou, em seu projeto, com o auxílio de parceiros de investimentos como o canadense R. S. McLaughlin, o fundador da General Motors William C. Durant, Edwin R. Campbell e o fabricante dos automóveis Little, William Little.

Entretanto, Durant foi afastado do gerenciamento da General Motors em 1910 (após ter criado a companhia, em 1908) por cinco anos. Assim, ele assumiu a empresa Works Flint Wagon, vindo a incorporar as empresas Little e Mason.

Antes de criar a GM, como dirigente da companhia Buick Motor, Durant contratara Louis Chevrolet como piloto em corridas promocionais.

Assim, ele planejava utilizar a reputação da Chevrolet tendo um piloto para o lançamento de um novo automóvel.

10. Ford

Ford
Fonte: UNIFACS

A Ford Motor Company (que, em geral, é chamada apenas de “Ford”) é uma multinacional de origem estadunidense de fabricação de automóveis.

A sua sede fica localizada em Dearbon (subúrbio da cidade de Detroit), estado do Michigan.

Henry Ford foi o fundador da companhia, sendo incorporada a produção de unidades próprias em 1903. Assim, a empresa comercializa veículos e carros sob a marca “Ford”.

A maioria dos seus automóveis de luxo, no entanto, são vendidos com a marca “Lincoln”.

A organização possui, também, a fabricante brasileira de off roads e jipes Troller, a indústria de carros FPV (da Austrália) e a empresa brasileira Ford Caminhões. Anteriormente, ela produzia e se responsabilizava pelas vendas de componentes automotivos e tratores.

Nos dias atuais, a Ford é detentora de uma participação de cerca de 2% da Mazda (Japão), de 8% da Aston Martin (Inglaterra) e de 49% da chinesa Jiangling.

Além disso, possui distintas joint ventures: a Changan Ford (na China); a Ford Lio Ho (em Taiwan), a Auto Alliance (na Tailândia), a Ford Otosan (na Turquia) e a Ford Sollers (na Rússia).

Na Bolsa de Valores, em Nova York, a organização está listada como sendo controlada pela família Ford, a despeito de que ela tenha propriedade minoritária (contudo, a maioria do poder, em termos de votos).

11. Opel

Opel
Fonte: logosmarcas

A fabricante Adam Opel AG é sediada na Alemanha, tendo sido fundada em 1862 por Adam Opel como fábrica de máquinas para costura.

Em 1886, então, a empresa começou a produzir bicicletas e, em 1899, automóveis.

Essa produção é mantida até os dias atuais, basta ver a quantidade de veículos da marca que roda pelas ruas das grandes cidades brasileiras, como São Paulo.

Ademais, cumpre ressaltar que a Opel foi uma subsidiária GM (General Motors) entre 1929 e 2017, ano em que o conglomerado PSA Peugeot Citroën a comprou.

Hoje em dia, a gama da Opel abrange os seguintes modelos: Mokka, Adam, Vivaro, Movano, Insignia, Karl, Corsa e Astra.

Durante a Segunda Guerra Mundial, o Opel Blitz foi um modelo largamente utilizado no transporte de tropas do exército alemão.

Adam era o primogênito de Phillipp Wilhelm Opel, um serralheiro de Rüsselsheim. Então, após adquirir experiência no negócio de seu pai, o fundador da companhia viajaria pelos centros industriais da França, Inglaterra, Bélgica e Holanda.

Em seguida, em Paris, Adam Opel trabalhou em um cofre e, posteriormente, na companhia de seu irmão Georg, na fábrica de máquinas de costurar Journaux & Leblond.

Em 1862, ambos atuaram na empresa Huguenin & Reimann.

Certamente, o conhecimento adquirido permitiu-lhes retornar à oficina paterna para construírem seus primeiros protótipos.

12. Toyota

Toyota
Fonte: Logos PNG

Encerramos nossa lista de marcas de carros no Brasil com a Toyota.

A TMC (Toyota Motor Corporation) é sediada na província homônima, em Aichi, no Japão. Em 2014, a multinacional era formada por quase trezentos e cinquenta mil trabalhadores em todo o mundo.

Dois anos depois, em 2016, já era a décima-terceira maior empresa (em termos de receita) do mundo.

Por exemplo, em 2012, o ranking de produção de veículos colocou a Toyota na primeira colocação global, superando o grupo da General Motors e o da Volkswagen.

A marca de duzentos milhões de veículos produzidos foi atingida, também, em 2012.

Ademais, a Toyota entrou para a história como a primeira montadora a produzir mais de dez milhões de veículos a cada ano, batendo recorde de vendas.

Outra conquista histórica da marca ocorreria em 2014, quando foi elencada, no Japão, como a maior empresa por receitas e capitalização no mercado (isto é, ela vale mais que o dobro do segundo colocado, o Soft Bank, de modo a impedir qualquer tipo de comparação).

No ano de 2016, mais de dez milhões de unidades foram comercializadas, somando as marcas Hino Motors, Daihatsu, Lexus e Toyota.

Dessa forma, ficou abaixo de sua concorrente europeia, o Grupo Volkswagen, ocupando a segunda colocação no ranking mundial de vendas de veículos.