lâmpada super branca é permitida

Lâmpada Super Branca é Permitida? Veja o que Diz a Lei

Há muitas dúvidas para saber se a lâmpada super branca é permitida no Brasil. Afinal, muitos condutores desejam utilizar essa luz em seus carros.

A verdade é que há muitas diferenças entre o farol de led ou super branco e outros tipos mais comuns.

Por isso, os motoristas preferem optar por esses tipos de lâmpadas ou farol de led. E nesse artigo veremos justamente se a lampada super branca é permitida. Confira!

Lâmpada super branca: características, benefícios e malefícios

Lâmpada Super Branca
Fonte: Connect Parts

Antes de entender se você pode (ou não) usar lâmpada super branca no seu veículo, vejamos primeiramente alguns pontos importantes sobre seu uso.

Vantagens das lâmpadas super brancas

Nesse caso, os benefícios iniciais levam em consideração fatores mais gerais, sem considerar entendimentos do Código de Trânsito Brasileiro ou do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O primeiro desses benefícios é justamente em relação ao tempo de vida útil da lâmpada, que chega a ser 5 vezes maior do que as lâmpadas halógenas.

E essa é uma questão que faz bastante diferença, principalmente quando se pensa em economia a longo prazo.

Assim, as lâmpadas de led e de gás xenônio mostram esse lado relevante desses acessórios.

Contudo, outro ponto que também chama bastante a atenção para seu uso é em relação a sua maior capacidade de resistir a impactos.

Isso dado que os modelos mais convencionais costumam ser bem mais frágeis. Essa questão, aliás, está também ligada à própria durabilidade das luzes.

De todo modo, sua maior capacidade de iluminação é realmente um de seus grandes diferenciais.

Esse é basicamente um dos principais motivos para a compra e troca desses sistemas, uma vez que a lâmpada de led ou farol super branco permite uma visibilidade maior para o condutor do automóvel.

Além dessa característica, a redução no próprio consumo de energia do veículo também é bastante chamativa.

Isso dado que, devido às próprias características do sistema do farol de led ou super brancos, há uma diminuição considerável nesse gasto.

Desvantagens das lâmpadas super brancas

Quando se fala em relação aos seus benefícios, é preciso deixar claro que eles voltam-se mais para o veículo em si e para seu condutor. No entanto, quando o assunto são os outros motoristas, o farol super branco causa mais problemas, trazendo menos segurança às estradas.

Afinal, a luz intensa pode realmente atrapalhar o outro motorista. Desse modo, o condutor deve tomar cuidado em relação a essa questão.

E, na verdade, mesmo para o próprio veículo em si, também há algumas questões importantes.

Isso dado que essas luzes de led podem, quando mal instaladas, prejudicar o sistema elétrico do transporte.

Nesse sentido, pode haver algum derretimento de fios ou algum curto-circuito, causado pela utilização inadequada de algum desses tipos de luzes.

Além do mais, deve-se tomar cuidado para cumprir o que manda a legislação de trânsito.

Assim, é possível evitar uma multa, perda de pontos na carteira de motorista (CNH), etc. E, para isso, é crucial contar com informações corretas.

Lâmpada super branca é permitida? Veja o que fala a Lei

Lâmpada Super Branca
Fonte: Poisoncar Acessórios Automotivos

Segundo a resolução 667, de 18 de maio de 2017, essa é uma questão muito clara.

Essa resolução estabelece todas as características técnicas relacionadas ao sistema de iluminação dos veículos, como camionetas, caminhões, ônibus, etc.

Estamos justamente falando da lei responsável por direcionar toda a regulamentação dos faróis do carro.

E o texto do artigo 2, parágrafo 5, mostra: proibido realizar a substituição das lâmpadas presentes no sistema de iluminação e sinalização do veículo, por alguma que seja de tecnologia ou potência que não seja algo original da fábrica.

Assim, segundo as palavras da lei, o problema não é a lâmpada super branca em si. O que acontece é que você não pode instalá-la em um carro que não tenha essa tecnologia original do fabricante.

Em outras palavras, se o veículo já vem diretamente da fábrica com esse tipo luz, não há problemas. A grande questão, porém, é quando se trata de uma adaptação, de uma implementação.

Vale lembrar que essa proibição total das substituições começou a valer a partir do ano de 2021.

Assim, em 2022, está estritamente proibido realizar essas alterações e modificações, como estabelece a resolução 667.

De modo geral, essas considerações partem do princípio maior da alteração. Isso dado que os carros e demais veículos não podem realizar modificações e alterações.

Claro que há as exceções, que possibilitam alterar os próprios documentos do veículo.

Assim, a troca do farol se encaixa dentro desses quesitos de ilegalidade, uma vez que se trata realmente de mudar algo original de fábrica.

Então, você pode usar a lâmpada super branca. O que você não pode é adaptá-la em veículos que saíram da fábrica possuindo lâmpadas halógenas em seus faróis.

Para quem deseja colocar lâmpadas super brancas, a alteração deverá constar no Certificado de Segurança Veicular.

Farol de Xenon

Em relação ao super branco, é preciso tomar cuidado com o Xenon, pois o mesmo não pode ser usado no país.

Afinal, esse tipo de farol difere bastante do led, e causa maiores malefícios para o tráfego.

De todo modo, o farol Xenon de fábrica, ou seja, que venha original no veículo, consegue sim ter sua autorização para rodar.

Mesmo assim, é preciso ficar atento a essa questão, uma vez que, diferentemente das lâmpadas led ou super branco, são mais perigosas.

Conclusão

Nesse artigo foi possível perceber que você pode usar lâmpada super branca. No entanto, é necessário levar em consideração o que diz o Contran.

Isso dado que a lei que entrou em vigor em 2021 proíbe sua utilização no veículo que não possui essa iluminação de fábrica.

Nota-se, desse modo, que a proibição geral não refere-se ao farol super branco, mas sim à adaptação desses faróis de led no carro.

Assim, quando os veículos saem diretamente da fábrica já com esse tipo de iluminação, tudo está certo.

Afinal, a própria legislação é bastante clara nesse sentido. Com isso, o carro consegue circular normalmente com sua lâmpada de led ou farol super branco.

E então, gostou do artigo? Esperamos ter esclarecido o assunto para você. Além da questão estética, o uso de lâmpadas super brancas também passa pelo âmbito da segurança e, por isso, merece atenção.

Para mais conteúdos relacionados ao universo automobilístico, acesse o ReviewAuto. Até a próxima!