O que é Laudo Cautelar Veicular?

O Que é Laudo Cautelar Veicular? Explicamos Tudo Aqui

Quer saber o que é Laudo Cautelar Veicular? Continue conosco e descubra absolutamente tudo sobre o assunto.

Os últimos anos não foram nada agradáveis com o mercado automobilístico mundial. Contudo, é possível dizer que o Brasil parece ter sentido ainda mais esse baque.

Isso porque, no ano de 2020, o mercado sofreu uma queda na compra de carros novos de 26%.

O ano de 2021, apesar de ter encerrado em baixa, apresentou um aumento de 3% em comparação ao ano anterior. Por isso, o jeito que os brasileiros encontraram de realizar o sonho do carro próprio foi adquirir um modelo já usado.

Os preços baixos e o ótimo estado dos veículos tornaram-se pontos bastante convidativos para a maioria das pessoas interessadas em adquirir o próprio carro.

Contudo, por trás da bela aparência e do valor camarada, pode haver pontos bastante comprometedores, que podem transformar o seu sonho em uma enorme dor de cabeça, sem precedentes.

E é justamente aí que o laudo cautelar entra em cena. Mas o que exatamente ele é e como funciona?

Acalme-se, pois explicaremos isso agora.

O que é Laudo Cautelar Veicular?

O que é Laudo Cautelar Veicular?
Fonte: Rede CSV

A vistoria cautelar, ou laudo cautelar, tem como principal objetivo analisar a originalidade de alguns pontos de identificação do veículo.

Alguns desses pontos são: número de chassis, número do motor, número do câmbio, gravação de originalidade dos vidros, etiquetas de identificação e alguns outros números, como o número dos cintos de segurança.

Além de todas essas informações, também é preciso procurar e vasculhar as trocas realizadas na estrutura do carro, em pontos como as longarinas traseiras e dianteiras, os painéis traseiros e dianteiros, as laterais, os tetos, entre outros.

Após a realização de toda a análise, é emitido um laudo com algumas fotos dos principais pontos verificados, a fim de identificar se todas as informações estão de acordo com o veículo em questão.

E, além disso, também é anexada uma pesquisa minuciosa, feita através de uma análise de dados de fontes diferentes que irão informar se o veículo já passou por algum leilão, ou se o mesmo passou por algum histórico de sinistro, ou algo que, de fato, possa comprometer a qualidade, ou procedência, do seu veículo.

Além de informar a correta procedência do veículo que você possui, a vistoria veicular também ajuda na diminuição de roubos de veículos.

Afinal de contas, o laudo dirá se o automóvel em questão possui todas as suas peças originais, ou ali existem uma série de peças roubadas de outros carros.

Uma pesquisa realizada por uma das empresas mais influentes na área de vistoria, analisou que, cerca de 13% dos veículos vistoriados por eles continham algum tipo de adulteração.

Além disso, alguns outros veículos também possuíam sérios danos à sua estrutura.

O que é avaliado em uma perícia veicular?

Como foi mostrado acima, uma série de pontos são analisados pela perícia veicular.

Contudo, vamos explicar, de forma mais organizada, alguns dos pontos mais importantes analisados pela vistoria veicular:

  • Documentos do carro;
  • Pendências judiciais, no que diz respeito ao proprietário do veículo;
  • Débitos do IPVA, roubos, furtos e possíveis colisões;
  • Estrutura do veículo (como o para-choque, o para-brisa e as laterais do veículo), número dos chassis, número do motor, freios, pneus, entre outros;
  • Quilometragem e estado do motor;
  • Alterações da estrutura e da cor do carro;
  • Passagem por recall.

Vistoria de Transferência: o que é?

Apesar de ser extremamente importante para que você possa analisar o real estado do seu carro, a análise cautelar não é obrigatória.

Contudo, existe uma outra perícia imposta pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) chamada de vistoria de transferência.

A vistoria de transferência, ou perícia de transferência, como também é conhecida, é uma perícia realizada pelo DETRAN.

A vistoria deve ser realizada sempre que houver uma transferência de veículo entre terceiros. Ou seja, sempre que um automóvel usado for vendido para outra pessoa.

A medida é necessária para regularizar alguns dos principais documentos do seu carro.

Além disso, a perícia deve ser realizada todas as vezes em que houver uma mudança de endereço por parte do proprietário.

Por que é necessário realizar as duas perícias no seu veículo?

Apesar de semelhantes, as duas vistorias possuem suas próprias particularidades.

Mas, será que realmente é necessário realizar a vistoria cautelar, mesmo sendo obrigatório realizar uma vistoria de transferência?

A resposta para essa pergunta é sim!

De fato, você será obrigado a realizar a vistoria de transferência após a compra do seu veículo usado.

Porém, é preciso lembrar que a perícia de transferência analisa cautelosamente todos os documentos do veículo.

Enquanto, por outro lado, o laudo cautelar realiza uma análise super completa das condições em que o veículo se encontra.

Por isso, apesar da análise cautelar não ser obrigatória, é altamente recomendável que você a faça no seu carro. E além disso, é sempre muito bom manter sua mente em um futuro próximo.

Nós dizemos isso porque existe um fator que pode ser determinante para você mais adiante: a revenda.

Nos dias atuais, muitas pessoas acabam adquirindo um novo veículo com a consciência de que, um dia, esse mesmo veículo poderá ser vendido.

Portanto, por mais que você não esteja pensando nisso agora, é importante pelo menos ter noção de que a análise cautelar veicular poderá lhe garantir uma revenda mais segura.

Vantagens de se fazer uma análise cautelar?

Vantagens de se fazer uma análise cautelar?
Fonte: WeCare Auto

Como vimos acima, realizar uma análise cautelar veicular pode lhe proporcionar momentos mais tranquilos com o seu carro.

Afinal, ter a possibilidade de identificar alguns sérios problemas que, de fato, poderiam comprometer totalmente a sua experiência, pode lhe poupar uma grande dor de cabeça.

Contudo, existem diversas outras vantagens que também se fazem presentes ao se fazer uma análise cautelar, entre elas estão:

  • Você conseguirá definir melhor o seu valor de revenda;
  • Você terá uma facilidade ainda maior em revender o seu carro;
  • Total segurança no momento da compra;
  • Prevenção de acidentes e irregularidades;
  • Garantia na procedência do veículo;
  • Prevenção de roubos no mercado;
  • Garantia de que nenhuma alteração comprometedora foi realizada no veículo.

Quanto custa fazer um laudo cautelar veicular?

Bom, depois de vermos o quão importante é realizar uma análise cautelar veicular, chegou a hora de falarmos sobre um dos pontos mais importantes do assunto: o seu preço.

Em média, fazer um laudo cautelar gira em torno de R$ 250,00.

Além disso, em alguns locais, como o estado de São Paulo, por exemplo, a grande maioria dos veículos presentes nas estradas são devidamente analisados. Muito disso se dá por conta do seu valor acessível.

Ou seja, se levarmos em consideração que, cerca de 85% do estado possuem a documentação que comprova que o carro foi aprovado na análise, podemos dizer que o laudo é um documento “obrigatório”, mesmo não sendo.

Existe reembolso para o laudo cautelar veicular?

Então você decidiu realizar uma análise cautelar veicular no seu carro e, depois de todo o check up da inspeção veicular, seu carro foi aprovado e você conseguiu o seu documento que comprova isso.

Porém, o que acontece se você descobrir que o seu carro não está de acordo com os critérios da análise?

Bom, essa é uma dúvida bastante comum, tendo em vista que, como a grande maioria das coisas deste mundo, nada é perfeito.

Porém, caso isso aconteça com você, saiba que é possível recorrer, para que você não seja lesado pelo erro da empresa.

Caso, de fato, sejam encontradas algumas irregularidades no seu veículo, a empresa, por contrato, a empresa deverá indenizar o cliente com o valor do veículo, de acordo com a tabela Fipe.

Por isso, caso você encontre alguma irregularidade que tenha passado batido pela vistoria da empresa, saiba que você não sairá lesado da situação. Portanto, fique atento.

Mas, afinal de contas, vale a pena emitir um laudo cautelar?

Mas, afinal de contas, vale a pena emitir um laudo cautelar?
Fonte: Unidas Seminovos

O laudo cautelar veicular é um documento bastante importante que comprova a autenticidade do seu veículo.

A verificação de peças importantes do carro, além da carroceria do veículo, ajudam ao motorista a identificar pontos que podem prejudicar a boa experiência do motorista.

Sendo assim, é impossível não recomendarmos que você realize a verificação do seu veículo.

Com o grande número de benefícios e um valor que cabe no seu bolso, a realização da análise se torna ainda mais necessária.

Sendo assim, se você tinha dúvidas a respeito de todo o assunto, esperamos, agora, que todas as suas dúvidas tenham sido sanadas e que você realize a inspeção!