como saber se o motor fundiu

Como Saber Se o Motor Fundiu? Confira os Principais Sintomas

No artigo de hoje, compilamos as principais dicas sobre como saber se o motor fundiu, para que você não fique na mão com seu veículo.

O motor fundido pode ser um problema que, embora pareça ter acontecido de uma hora para outra, pode ter dado inúmeros sinais do problema que viria.

Contudo, para que o motorista saiba quando esse problema está acontecendo, é necessário que ele se atente a inúmeros sinais que indicam que o motor pode estar perto de ter um problema mais sério.

Os consertos de carros com motor fundido podem ser bastante caros, uma vez que pode ser necessário realizar a troca de algumas peças de funilaria, até mesmo, de todo o motor.

Vamos, então, descobrir como saber se o motor fundiu ou está fundindo?

10 sinais que indicam que o motor está fundindo (ou já fundiu)

1. Problemas com o óleo

Problemas com o óleo
Fonte: AutoPapo

O óleo é o responsável pela lubrificação do motor e na regulagem de temperatura do motor do veículo.

Portanto, misturar diferentes marcas de óleo, bem como ter quantidade insuficiente de óleo no motor, pode fazer com que o automóvel tenha problemas, pelo atrito gerado em peças como o bujão, cárter e arruelas.

Um sinal muito claro de que há problemas nesse sentido é perceber marcas de óleo no chão após algum tempo estacionado.

2. Luzes no painel

Luzes do painel do carro
Fonte: Blog MixAuto

Alguns dos problemas mais comuns que levam o motor a fundir são falhas que, provavelmente, estarão sendo contadas ao motorista através das luzes do painel do carro. Ou, pelo menos, deveriam ser.

Portanto, falhas nas velas de ignição, erros na tampa de combustível, questões com o catalisador, erros no sensor de oxigênio e problemas no sensor de fluxo de ar em massa, quando sinalizados, devem ser investigados.

Afinal, eles podem levar ao grande problema: o motor fundido.

3. Barulhos vindos do motor

Algumas peças do motor do seu carro podem começar a fazer barulho se estiverem no processo de fundir.

Com o tempo, o som dos barulhos poderá ir aumentando gradualmente e você notará que sempre que se desloca com seu carro ele faz bastante barulho sob o capô e também no cano de escape.

Portanto, se o motor do carro está dando esses sinais, com certeza é o momento correto de  buscar uma oficina mecânica para verificação.

Mas, como escolher uma oficina de confiança? Já falamos sobre isso aqui no blog. Confira nossas dicas!

4. Falhas no sistema de arrefecimento

Como funciona o sistema de arrefecimento do carro?
Fonte: Autoesporte

O sistema de arrefecimento é responsável por diminuir a temperatura do motor, evitando que ele tenha problemas.

Portanto, falhas nesse sistema levam ao superaquecimento e podem trazer problemas, como um motor fundido em breve.

Portanto, esteja sempre atento a esses sinais, bem como aos níveis de água, para evitar problemas maiores.

5. Instabilidade na direção

 

O motor do carro deve garantir uma direção tranquila e fluida, portanto, um dos sinais de como saber se o motor fundiu é a instabilidade nesse sentido.

Dessa forma, se durante sua direção o motor começa a trepidar enquanto anda, fica engasgando ou falha, é hora de ir até a sua oficina mecânica de confiança.

Afinal, os problemas podem ser nos componentes do motor e vão precisar de um olhar técnico.

6. Fumaça

Qual o significado de motor fumando?
Fonte: Chiptronic

A saída de fumaça no cano de escape (ou seja, o famoso “motor fumando”) pode sinalizar que inúmeros componentes do motor estão precisando de atenção.

Para cada tipo de peça existem cores diferentes de fumaça sendo emitidas e que são indicativos que o motor está fundindo.

Por isso, para fumaça preta, esteja atento ao combustível, complicações do filtro de ar, possibilidade de entupimento na válvula de combustível, sensores com defeito ou problemas mecânicos no motor.

A fumaça cinza, no entanto, pode significar que o uso de óleo pode estar alto, bem como indicar possibilidade de problemas na válvula e a necessidade de dar atenção ao fluido de transmissão.

Já a fumaça azul, por sua vez, demonstra questões relativas aos componentes do motor, possibilidade de falha na vedação das válvulas e problemas nos anéis do pistão.

Também pode mostrar que, talvez, a câmara de combustão tenha sido molhada com óleo advindo de vazamentos.

Para todos os casos, é necessário que os motoristas estejam atentos à cor da fumaça que está sendo expelida, pois são sinais que indicam que o motor apresenta problemas que podem levá-lo a fundir.

7. Potência do motor

Os carros com motor fundido podem apresentar problemas de potência.

Isso porque com seus componentes trabalhando pouco ou diferente do esperado em alguns casos, o motor precisará exercer maior torque para fazer suas ações básicas.

Portanto, é possível que a partida esteja dificultada e o carro passe a engasgar, bem como tenha uma diminuição da performance que você já estava acostumado.

8. Odores na cabine do veículo

Sentir qualquer tipo de odor na cabine do carro não é natural.

Logo, se você sentir cheiro de fumaça ou de óleo queimado estando dentro do carro, pode ser um sinal que o motor fundiu.

Uma das dicas para conseguir diferenciar o cheiro do motor fundindo é que ele tem uma alta intensidade, diferindo bastante do cheiro de catalisador ou fumaça comum.

9. Alto gasto de combustível

Tanque de gasolina
Fonte: AutoPapo

Esse é um dos sinais que, quando pensamos em conjunto à redução de potência, pode ser um sinal de que o carro está com o motor fundido.

O maior consumo de combustível pode significar que o processamento dele no motor do carro não está sendo feito da maneira correta.

Portanto, é também importante estar atento ao abastecimento em postos de combustíveis desconhecidos, uma vez que o líquido com baixa qualidade pode trazer graves prejuízos para seu carro.

10. Atenção à correia dentada

Quando trocar a correia dentada?
Fonte: TEBE

A correia dentada dificilmente mostra sinais de que está prestes a arrebentar ou apresentar problemas.

No entanto, caso ela arrebente ou pule um dente sequer, o motor pode fundir imediatamente, trazendo uma enorme dor de cabeça e um alto valor de prejuízo.

Portanto, o ideal é que, a cada 50 mil km rodados, você visite oficinas para realizar a troca da correia.

Considerações finais

Esses foram alguns dos sinais de que o motor do seu carro pode estar começando a fundir.

Ademais, outra forma de saber se o motor fundiu é realizar um teste com sua polia, seguindo os passos abaixo:

  1. Removas as velas de ignição do motor;
  2. Insira um soquete no parafuso da polia e gire ele. Utilizar uma barra de torção pode ajudar no processo;
  3. Esteja atento à polia: caso ela não se mexa, é um sinal de alerta de que o motor pode ter fundido.

Realizar o conserto e troca do motor do carro pode ser um prejuízo bastante significativo. Afinal, um motor novo pode custar uma parte significativa do valor do carro.

Dessa forma, caso seu carro passe a apresentar algum dos sinais que apresentamos, procure um mecânico o mais rápido possível.